sábado, abril 24, 2010

Mercado do Queijo Rabaçal, para miúdos e graúdos


Dia 25 de Abril na Villa Romana do Rabaçal

No próximo dia 25 de Abril, o Município de Penela realiza um evento dedicado a um dos produtos endógenos deste concelho, reconhecido por todo o país e também além fronteiras, o Queijo do Rabaçal.


O Mercado do Queijo Rabaçal, é um evento para todas as idades, tendo espaços exclusivamente dedicados aos mais pequenos, onde poderão aprender mais sobre o queijo Rabaçal e sobre os romanos, protagonistas deste mercado.


Um evento imprescindível aos apreciadores de queijo Rabaçal, que o poderão acompanhar com outros produtos endógenos que também estarão representados, Vinho Terras de Sicó, Azeite Sicó, mel, nozes e artesanato.

Mercado do Queijo do Rabaçal



O Mercado de Queijo do Rabaçal pretende ser um louvor ao deleitável Queijo do Rabaçal, elemento diferenciador da cultura local, e a celebração dos sabores e produtos tradicionais deste território penelense.
Misto de cabra e ovelha, as pastagens da Erva-de-Santa-Maria (espécie de tomilho) dão ao Queijo do Rabaçal um sabor e aroma muito característico, que lhe confere individualidade no contexto dos seus congéneres. De produção com seculares tradições, a sua existência remonta à mais Alta Antiguidade. Comprovado parece estar o seu consumo entre as diferentes classes sociais da civilização romana: sendo uma figura sempre presente na mesa dos camponeses e escravos, na ração militar, na provisão dos viajantes e no cardápio dos alberguistas.

Com este certame pretende-se revelar a arcaica actividade da pastorícia e da produção tradicional do Queijo do Rabaçal, valorizando em simultâneo outros produtos e elementos que caracterizam a região (o vinho Terras de Sicó, o azeite Sicó, o mel, as nozes e artesanato), num ambiente de festa popular, protagonizada pela música e folclore, aos quais se juntará a recriação histórica. O visitante é assim convidado a (re)viver o ambiente do palácio da Villa romana do Rabaçal (século IV d.c.) à actualidade, participando numa história que vai percorrendo os diversos espaços e tempos deste complexo agrícola.
Pelo espaço andarão pequenos rebanhos a pastar, mais um apelo à tradição e valores culturais deste lugar.

De salientar ainda os ateliers Infantis de fabrico de queijo e de mosaicos, assim como a horta pedagógica, actividades para as crianças e que decorrerão todo o dia, um espaço de entretenimento e educativo totalmente dedicado aos mais novos!

Venha saber mais sobre o Queijo Rabaçal e provar o original e mais saboroso Queijo!

PROGRAMA

10H00 - Abertura do Certame


º::º FEIRA DE QUEIJO RABAÇAL, Vinho Terras de Sicó, Azeite Sicó,
Mel, Nozes e Artesanato

º::º Recriação histórica "No tempo dos Romanos"
pela companhia VIV'ARTE

º::º OFICINAS INFANTIS de Fabrico do queijo,
Atelier do mosaico, Contos...

º::º Mercado de Agricultura Tradicional e Familiar

º::º Visitas guiadas ao Museu, Estação Arqueológica e Horta Pedagógica

º::º Desfile Etnográfico pelo Rancho Folclórico do Rabaçal

11H00 - Recepção às entidades oficiais e Prova de Queijo Rabaçal

11H30 - Abertura da Exposição “Queijo Rabaçal. Sabor e Aroma de Sicó: do acincho à mesa”

15H30 - PALESTRAS TEMÁTICAS:
º::º "Gastronomia de Sicó",
pelo jornalista José Quitério

º::º "Rabaçal, Aldeia Cultural", pelo Arqueólogo Miguel Pessoa,
Coordenador do Museu da Villa Romana do Rabaçal

18H30 - Encerramento

Sons de Abril ecoam no Cine-Teatro da Lousã


É já este sábado, dia 24, pelas 21:30, que será promovida mais uma edição da iniciativa "Sons de Abril". Após 3 edições com bastante sucesso, o Cine-Teatro da Lousã será palco de interpretações das "músicas de Abril", pelas seguintes bandas e músicos lousanenses: Lauzus, Crash, Projecto 25, U-XED, Senso Comum e Ramiro Simões.
José Afonso (Zeca Afonso), Vitorino, Adriano Correia de Oliveira, Paulo de Carvalho, Pedro Barroso e Sérgio Godinho serão alguns artistas/autores que serão interpretados durante o espectáculo. Do alinhamento fazem, também, parte alguns temas originais evocativos da Liberdade.
O evento contará, ainda, com a participação da Academia de Música da Lousã e com o Grupo de Teatro "Barraca Preta".
A entrada é livre mas sujeita à apresentação de bilhete já disponível no Espaço Internet.
Fonte: Trevim

sexta-feira, abril 23, 2010

Não há água da rede!

Depois do mau tempo que se abateu sobre os concelhos da Lousã e de Miranda do Covo, o impensável aconteceu mais uma vez, constatei à hora do almoço, que não tinha água.

Quando cheguei a casa ao jantar, continuávamos sem água... Após chamada telefónica para o piquete de avarias, do Serviço de Águas, da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, fui informado que a situação iria ser reposta em breve, que a trovoada se tinha abatido sobre a bomba de água ,que traz a água do Rio Ceira para Miranda do Corvo (demasiados ques e ses).

As horas passam, são 22 horas e da torneira não pinga uma gota, caramba isto é demais, afectou-nos o jantar, o banho do miúdo, a lavagem da roupa e da louça…

Chega!

Não tenho dúvidas que cada vez mais nos assemelhamos mais, a um país do terceiro mundo, bem, com o andar da carruagem para lá caminhamos.

Já não basta a péssima qualidade da água, quando esta cheira e sabe mal, com um peculiar travo a azeite. Espanta-me que decorridos estes anos todos, ninguém tenha encontrado o poluidor ou que declare a mesma imprópria para consumo. Todos os meses tenho duas contas de água para pagar, a da Câmara e a do Supermercado, haja moralidade…

É caso para dizer que esta situação caricata merecia tratamento televisivo…

Mau tempo e trovoada abate-se sobre a Lousã


A chuva forte e a trovoada que se fez sentir ontem ao início da noite, um pouco por toda a Região Centro, provocou inundações e um incêndio num transformador eléctrico, que originou falhas de energias em algumas zonas públicas da Lousã.


Os bombeiros foram chamados a intervir, tendo recebido cerca de cinquenta pedidos de auxílio. No terreno estiveram cerca de trinta elementos das corporações da Lousã e Serpins, auxiliados por seis viaturas.


quarta-feira, abril 21, 2010

sábado, abril 17, 2010

IV Encontro das Martirizadas, Chãs de Semide

É já este domingo, 18 de Abril de 2010, que irá ter lugar mais uma edição das martirizadas (motos antigas), mais concretamente a quarta edição. Mais uma vez a concentração vai assentar arraiais nas Chãs de Semide e daí vão partir à descoberta do concelho de Miranda do Corvo.

Para recordar as imagens das edições anteriores:

1ª Concentração:

2ª Concentração:

O seu a seu dono, as imagens são do PutoxFlip.

Esperamos que este ano hajam mais participantes…

AX Trail de regresso à Lousã


É já este domingo, dia 18, que a prova de corrida de montanha AX Trail está de regresso às Aldeias de Xisto da Lousã. Os trilhos vão ser novamente invadidos pelos corredores do AX Trail. O percurso passa pelas aldeias Talasnal, Chiqueiro e Casal Novo, pelo Castelo de Arouce e não faltando sequer uma incursão na ribeira de S. João.

Mais informações em:

http://axtrail.go-outdoor.pt/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...