domingo, abril 29, 2012

Casa do Povo de Miranda do Corvo vence Divisão de Honra de Futsal


Casa do Povo Mirandense venceu ontem o CRI Alhadense no desempate por grandes penalidades e tornou-se no 10.º vencedor da Divisão de Honra de Futsal
Foi preciso esperar até à 14.ª grande penalidade para conhecer o vencedor da Divisão de Honra de Futsal da Associação de Futebol de Coimbra. A Casa do Povo de Miranda do Corvo festejou, no pavilhão de Pé de Cão, aquela que é uma conquista inédita no seu palmarés, inscrevendo o seu nome no quadro de honra da competição depois de se sobrepor ao CRI Alhadense.
Parabéns à Casa do Povo de Miranda do Corvo, que ano após ano tem visto as suas equipas em todos os escalões somarem êxitos sucessivos e retumbantes.
E agora como será no Nacional Sénior? 
Com o Benfica e Sporting? 
Com a objectiva das televisões viradas para o velhinho pavilhão de Miranda do Corvo.
Será que a Casa do Povo terá o apoio de todos os mirandenses? 
Será que terá o almejado e devido apoio por parte da Câmara Municipal?

quinta-feira, abril 26, 2012

Fim de semana do cabrito na Lousã


Terra de gente afável e gastronomia inspirada, a Lousã volta a figurar no cardápio dos apreciadores da cozinha tradicional. Desta vez, o destaque nas ementas de uma dezena de restaurantes do concelho vai para o cabrito, confeccionado a preceito e pronto para ser degustado pelos comensais, entre os dias 27 de Abril e 01 de Maio.
“Os eventos gastronómicos são importantes pelo seu contributo para a notoriedade e visibilidade acrescida que dão aos concelhos, contribuindo para promover os territórios junto de públicos muito diversificados”, sustenta Luís Antunes, presidente da Câmara Municipal da Lousã.
O edil recorda que este evento, há semelhança de outros que a autarquia tem vindo a promover, “faz parte de uma estratégia global de promoção do concelho enquanto destino turístico, contribuindo para a dinamização dos sectores da restauração e hotelaria, a criação de mais-valias para o tecido económico local e, simultaneamente, o combate à sazonalidade de visitantes”.
“Capacidade, empenho e qualidade” são, segundo o autarca, reconhecidas qualidades que os responsáveis pelos estabelecimentos de restauração têm demonstrado nos vários eventos gastronómicos dinamizados nos últimos anos.
Presente na apresentação do certame, realizada na segunda-feira, no restaurante Astro 2, Amândio Torres, presidente da Assembleia Municipal da Lousã, referiu que tem havido várias manifestações em torno da gastronomia, no concelho da Lousã e em vários outros municípios da região Centro.
Esta realidade, explicou, traduz a importância de uma estratégia de promoção e valorização iniciada há vários anos e que tem presente a noção de que “a gastronomia faz parte de um conjunto de peças importantes para a Lousã e para o seu futuro”.
O Fim-de-Semana do Cabrito da Serra da Lousã conta, este ano, com a adesão e participação dos restaurantes Astro 2, A Viscondessa (Meliá Palácio da Lousã), Borges, Casa Velha, Esplanada, Meta dos Leitões, O Burgo, O Gato, São Paulo, Tó dos Frangos.
Ao reconhecer o importante contributo dos municípios, confrarias e empresários da restauração para a valorização e preservação das tradições, Madalena Carrito, presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, lembrou que “o cabrito é um produto nacional e há muitas formas de o fazer”. Na sua opinião, o mais importante é “procurar os factores de diferenciação, que têm a ver com a forma como o cabrito é criado, confeccionado e servido”, uma aposta na genuinidade, qualidade e tradição que, segundo Madalena Carrito, contribuirá para afirmar o sucesso deste evento dedicado ao cabrito.
Qualificação do cabrito da Serra da Lousã está em curso

Ciente da importância que a gastronomia tem, enquanto forma de alavancar o desenvolvimento dos territórios, o Município da Lousã encetou esforços para promover a qualificação do cabrito da Serra da Lousã.
A ideia partiu da edilidade, liderada por Luís Antunes (PS). Com o apoio da entidade regional de Turismo do Centro, o projecto está agora na sua fase inicial, contando já com a adesão de outros municípios.
No âmbito deste processo, iniciado em Fevereiro último, através de uma reunião entre a entidade certificadora (Associação Nacional de Municípios e Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses) e as câmaras da Lousã, Góis, Vila Nova de Poiares e Miranda do Corvo, houve já algum trabalho de campo, visando a recolha de informações e agregação de mais agentes interessados neste projecto.
Contudo, explica Madalena Carrito, presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, “trata-se de um processo moroso, com um caderno de encargos bastante exigente”.
Mordomo-mor da Confraria da Chanfana de Vila Nova de Poiares, Carrito admite que o normal decorrer dos trabalhos necessários à certificação do cabrito da Serra da Lousã não deverá demorar menos de oito meses, até que a candidatura possa, finalmente, ser apresentada a Bruxelas, em condições de vir a ser aprovada.
in: Campeão das Provincias

Miranda do Corvo, Capital da Chanfana

De 25 de Abril a 1 de Maio...

Os restaurantes locais, em colaboração com a Câmara Municipal de Miranda do Corvo, apostam na promoção da gastronomia tradicional, baseada na carne de cabra velha. Chanfana, negalhos e sopa de casamento são os pratos principais do evento gastronómico “Miranda Capital da Chanfana”, que decorre até ao dia 01 de Maio, em 24 estabelecimentos de restauração do concelho.
Dinamizar o património gastronómico e, simultaneamente, contribuir para a dinamização turística são os principais objectivos deste certame que tem como principal apelativo a chanfana, confeccionada dentro dos preceitos seguidos pelas gentes de Miranda do Corvo, ou seja, usando vinho tinto proveniente da freguesia de Lamas e com o assado a ser feito em fornos de barro e em caçoilas fabricadas pelos oleiros do Carapinhal.
Nesta edição do evento “Miranda Capital da Chanfana”, participam os restaurantes A Parreirinha, Araújo, Careca, Churrasqueira Cheiro Guloso, Churrasqueira Paraíso do Frango, Colher de Pau, Espanhol, Fika Keto, Grelhador, Museu da Chanfana, O Carpinteiro, O Ferrador, O Professor, Telheiro Rest, Paris, Pátio do Xisto, Pedroso, Pentágono, Retiro do Mendes, Rufino, S. Miguel, Teia, Varandas do Ceira e Zé Padeiro.
Fátima Ramos, presidente da Câmara de Miranda do Corvo, afirmou a importância da realização desta iniciativa gastronómica, enquanto acção capaz de “contribuir para dinamizar o turismo, gerar riqueza e mais-valias para estabelecimentos de restauração” e, ao mesmo tempo, divulgar e mostrar orgulho por algo que faz parte da cultura e das tradições dos mirandenses.

Da realidade à miragem?



“Da Realidade à Miragem?” é como se intitula a exposição sobre o projecto Metro Mondego, hoje inaugurada, no Átrio da Câmara Municipal de Coimbra.
Trata-se de uma exposição fotográfica, composta por 19 painéis, que retrata a situação actual das obras do projecto Metro Mondego, nos 30,6 quilómetros já intervencionados, entre Serpins (Lousã) e o Alto de S. João (Coimbra).
A iniciativa é uma organização das câmaras municipais de Coimbra, Miranda do Corvo e Lousã, com a colaboração da Sociedade Metro Mondego, da Câmara Municipal de Góis e do Movimento Cívico de Miranda, Lousã, Coimbra e Góis.
Trata-se de uma exposição itinerante que, depois de Coimbra onde poderá ser vista até dia 11 de Maio (das 09H00 às 17H30), seguirá para os municípios de Miranda do Corvo, Lousã e Góis, em datas ainda a confirmar.
A inauguração conta com a presença do presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Barbosa de Melo, do presidente da Assembleia Municipal, Manuel Porto, e dos presidentes de Câmara de Miranda do Corvo, Fátima Ramos, e da Lousã, Luís Antunes.
A iniciativa pretende sensibilizar a população para este projecto de mobilidade que se iniciou há mais de 15 anos, no qual os portugueses já investiram 140 milhões de euros, e cuja conclusão tem ser considerada prioritária, quer em termos regionais quer nacionais.
O sistema de metro ligeiro de superfície deverá operar na área dos municípios de Coimbra, Miranda do Corvo e Lousã, numa extensão de 41,9 quilómetros e um total de 43 estações.
De acordo com o que foi anunciado há dois anos, as primeiras composições deveriam estar a começar a circular até final do corrente ano de 2012. No entanto, depois do encerramento do serviço ferroviário no Ramal da Lousã e do início concomitante das obras, ocorrido em 2010, os trabalhos pararam, nada estando ainda definido em relação ao futuro.

segunda-feira, abril 23, 2012

Exposição sobre o Ramal da Lousã



Na próxima quinta feira, 26, pelas 15h, na Câmara de Coimbra será apresentada uma exposição sobre o Ramal da Lousã/Metro Mondego, uma ideia apresentada neste grupo e aprovada numa reunião alargada do Movimento Cívico, no Centro Social Comunitário em Miranda do Corvo.
A exposição, organizada com colaboração das autarquias e liderada por Coimbra, será posteriormente exibida nos restantes concelhos (Miranda, Lousã e Góis) e em escolas interessadas.
A exposição tem como objectivo lembrar a população em geral e os políticos, em particular os que estão em Lisboa, que o projecto Ramal da Lousã/Metro Mondego é uma prioridade nacional.
Prioridade que tem a ver com a honra e a dignidade de uma região e de um povo, que não pode destruir um património sem garantir a continuidade do investimento e do serviço publico de transporte de passageiros, em carris, entre Serpins e Estação Velha.
Em Coimbra, estarão os quatro Presidentes de Câmara presentes na inauguração da exposição, a que se seguirá a reunião da Assembleia Municipal de Coimbra, e onde todos os partidos poderão manifestar a defesa deste projecto.
Aos partidos e aos políticos da região não se pedem só palavras de ocasião mas claras manifestações de vontade, com consequências, no caso do poder lisboeta se esquecer da rápida concretização deste projecto Ramal da Lousã/Metro Mondego e da continuidade das obras com colocação de carris e catenárias.
Todos os interessados podem e devem visitar a exposição, entusiasmar os locais possíveis onde virá a ser exposta, e assistir a esta inauguração.

Mercado do Queijo e dos Romanos


No próximo dia 29 de Abril, o Município de Penela em parceria com a Junta de Freguesia do Rabaçal realiza um evento dedicado a um dos produtos endógenos do concelho, reconhecido por todo o país e além-fronteiras, o QUEIJO RABAÇAL.
O Mercado do Queijo e dos Romanos que se realiza na estação arqueológica da Villa romana do Rabaçal é um evento para todas as idades mas com espaços exclusivamente dedicados aos mais pequenos, onde poderão aprender mais sobre o queijo e os romanos, ambos protagonistas deste mercado.
Um acontecimento imprescindível aos apreciadores de queijo, que o poderão acompanhar com outros produtos endógenos também eles representados: Vinho Terras de Sicó, Azeite Sicó, mel, nozes e artesanato.

MERCADO DO QUEIJO E DOS ROMANOS - RABAÇAL 2012

29 de Abril | Estação Arqueológica - Villa romana
O Mercado do Queijo e dos Romanos pretende ser um louvor ao deleitável Queijo Rabaçal, elemento diferenciador da cultura local e a celebração dos sabores e produtos tradicionais do território penelense.
Misto de cabra e ovelha, as pastagens da Erva-de-Santa-Maria (espécie de tomilho) dão ao Queijo Rabaçal um sabor e aroma muito característico, que lhe confere individualidade no contexto dos seus congéneres. De produção com seculares tradições, a sua existência remonta à mais Alta Antiguidade. Comprovado parece estar o seu consumo entre as diferentes classes sociais da civilização romana: sendo uma figura sempre presente na mesa dos camponeses e escravos, na ração militar, na provisão dos viajantes e no cardápio dos alberguistas.
Com este certame pretende-se revelar a arcaica actividade da pastorícia e da produção tradicional do Queijo Rabaçal, valorizando em simultâneo outros produtos e elementos que caracterizam a região (o vinho Terras de Sicó, o azeite Sicó, o mel, as nozes e artesanato), num ambiente de festa popular, protagonizada pela música e folclore, aos quais se juntará a recriação histórica.
O visitante é assim convidado a (re)viver o ambiente do palácio da Villa romana do Rabaçal do século III d.c. à actualidade, participando numa história que vai percorrendo os diversos espaços e tempos deste complexo agrícola. Pelo espaço andarão pequenos rebanhos a pastar (transumância), mais um apelo à tradição e valores culturais deste lugar. De salientar ainda os ateliers infantis de fabrico de queijo e de mosaicos, atividades para as crianças que decorrerão durante todo o dia, num espaço de entretenimento e educativo…



PROGRAMA



10H00 – Abertura do Certame

10H30 – Receção às entidades oficiais

11H00 – Animação diversa

                Outras formas de degustação do Queijo Rabaçal (Restaurante D. Sesnando)

                 Estonteante Restaurante Ambulante (Encerrado para Obras)

                 Pintura ao Ar Livre

                 Transumância

12H00 – Recriação histórica "ROMANOS NO RABAÇAL"

11H00 – Animação diversa

                Outras formas de degustação do Queijo Rabaçal (Restaurante D. Sesnando)

                 Estonteante Restaurante Ambulante (Encerrado para Obras)

                 Pintura ao Ar Livre

                 Transumância

15H30 – Recriação histórica "ROMANOS NO RABAÇAL"

16H00 – XII FESTIVAL DE FOLCLORE

                Rancho Folclórico da Associação Acorde Verde (Oliveira do Bairro)

                Danças e Cantares de Campanhã (Porto)

                Rancho Folclórico de Albufeira (Algarve)

                Grupo Etnográfico de Samora Correia (Ribatejo)

                Rancho Folclórico do C. S. P. do Rabaçal (Penela)

19H00 – Encerramento



E ainda a decorrer todo o dia…

FEIRA DE QUEIJO RABAÇAL, Vinho Terras de Sicó, Azeite Sicó, Mel, Nozes e Artesanato

Mercado de Agricultura Tradicional e Familiar

OFICINAS INFANTIS de Fabrico do queijo e do mosaico...

Visitas guiadas ao Museu e Estação Arqueológica (mediante marcação)




terça-feira, abril 17, 2012

Sons de Abril


Amigos, maiores que o pensamento, depois de Adriano e Zeca…
Espectáculo com a participação de bandas e músicos Lousanenses, 24 de Abril de 2012, pelas 21 horas, no Cine-teatro da Lousã.
A Entrada é Livre!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...