segunda-feira, abril 29, 2013

Apre apresenta-se na Lousã!

O Apre! apresenta-se aos lousanenses, mirandenses e poiarenses no próximo dia 30 de Abril de 2013, pelas 15 horas no Auditório do Museu Etnográfico Louzã Henriques, na Lousã.

sábado, abril 27, 2013

10º ano da Rota da Chanfana

De Vale do Açôr a Miranda do Corvo, por estranhos caminhos...
Amanhã, dia 28 de Abril de 2013...
Mais uma organização bikeonelas.

Campeonato Nacional de Katas

Sábado, 27 de abril - Pavilhão Municipal de Miranda do Corvo

A Federação Portuguesa de Judo organiza no dia 27 de abril, no Pavilhão Municipal de Miranda do Corvo, o Campeonato Nacional de Katas, de acordo com o seguinte

Programa

 
Prova:  Campeonato Nacional de Katas
Data:  27 de abril
Local:  Pavilhão Municipal de Miranda do Corvo
Katas:  Nage-no-Kata
 Katame-no-Kata
 Kime-no-Kata
 Juno-no-Kata
 Kodokan-Goshin-Jitsu-no-Kata
 Koshiki-no-Kata
 
 
Controlo: 10:00 - 10:30
Sorteio: 10:30 - 11:00
Início da prova: 11:00
 

Capital da Chanfana 2013


De 25 de abril a 5 de maio, a Câmara Municipal de Miranda do Corvo, em colaboração com 23 restaurantes do Concelho, vai mais uma vez realizar o evento “Miranda Capital da Chanfana”.
Neste período que inclui os feriados do Dia da Liberdade e do Dia do Trabalhador, vários restaurantes do Concelho vão dar as mãos e em colaboração com a Câmara Municipal vão promover a gastronomia tradicional baseada na carne de cabra velha: chanfana, negalhos e sopa de casamento.
Estes restaurantes sedeados no Concelho de Miranda do Corvo estarão preparados para servir os muitos amantes da boa gastronomia que se deslocarem a Miranda.
Miranda do Corvo assumiu este desafio de promoção da cozinha tradicional com o objetivo de dinamizar o nosso património gastronómico e contribuir para a dinamização turística do Concelho.
A Chanfana cozinha-se com vinho tinto tradicionalmente cultivado na freguesia de Lamas, é assada em fornos de barro e em caçoilas fabricadas pelos oleiros do Carapinhal.
A história da chanfana encontra-se ligada ao contexto social da população do Concelho e ao Mosteiro de Semide.
A relação por demais evidente entre a confeção da carne de cabra velha – chanfana, sopa de casamento e negalhos, o barro e a olaria, nomeadamente no fabrico das caçoilas e os típicos fornos, também eles de barro, aquecidos a lenha utilizados tanto na confeção gastronómica como na cozedura do barro, e a existência das vinhas de Lamas produtoras de excelente vinho tinto, demonstram a histórica influência direta da conjuntura económica e social dos tempos e os recursos naturais do espaço físico de Miranda do Corvo.
A sopa de casamento é um prato com base em couve e pão enriquecido com o molho da chanfana.
Os negalhos são confecionados com as tripas e o estomago (bucho) de cabra assadas em vinho tinto.
Se a maioria associa a receita da chanfana às freiras do Convento de Semide é certo que existe uma lenda que remete a origem deste prato para a época das invasões francesas. Para evitar que os soldados lhes roubassem os rebanhos, as freiras matavam e cozinhavam os animais. Diz-se, ainda, que durante as invasões a população envenenou as águas para aniquilar o exército francês e, como era necessário cozinhar a carne, utilizavam o vinho.
O que é certo é que em Miranda, talvez devido às dificuldades de outros tempos, se criou uma rica gastronomia em que se aproveita integralmente a cabra velha, que depois de ter gerado os cabritos no seu ciclo de vida, termina bem assada em bom vinho tinto, as tripas confecionadas em apetitosos negalhos, e os restos da caçoila (carne e o molho) a temperarem a saborosa sopa de casamento.
Os apaixonados da boa e tradicional gastronomia terão a certeza de comer em Miranda alguns dos pratos mais típicos da cozinha portuguesa e de serem servidos com grande simpatia, em ambientes simples, de gente de bem.
Este projeto contribui também para a dinamização do comércio tradicional e para a valorização dos recursos endógenos, fomentando a economia local na perspetiva de que os restaurantes receberão mais pessoas, dinamizando também a parte agrícola que terá que produzir mais produtos.
De resto, sendo certa a qualidade da gastronomia, será difícil que se coma em Miranda do Corvo e não se tenha o desejo de regressar e repetir a experiência.
Não se esgotando os motivos da vinda ao Concelho na gastronomia, a Câmara Municipal desafia os visitantes a conhecer o Parque Biológico da Serra da Lousã, onde se encontra a maior coleção de fauna autóctone em semicativeiro de Portugal, a visitar a aldeia de xisto do Gondramaz, considerada uma das mais belas da Rede de Aldeias de Xisto, a percorrer as ruas da zona histórica de Miranda do Corvo, visitar o Mosteiro de Semide ou meditar nos santuários do Senhor da Serra e da Senhora da Piedade de Tábuas. 
Também no dia 28 de abril realiza-se um espetáculo com o grupo musical Sons do Zêzere, da Pampilhosa da Serra, pelas 16 horas, na Praça José Falcão.
Em maio, no dia 1, dia do trabalhador, realiza-se um espetáculo com o grupo Cordas Castiças, de Ceira.
No dia 4 de maio o Clube Náutico de Miranda do Corvo organiza, na Piscina Municipal, o torneio de cadetes, “Rota da Chanfana”, a partir das 16 horas.
A terminar a iniciativa, no dia 5 de maio, realiza-se a habitual Feira das Velharias, na Praça José Falcão, entre as 9h00 e as 18h00. Pelas 16h00, realiza-se uma atuação do Rancho Típico de Semide, também na Praça José Falcão.

Restaurantes aderentes:
A Parreirinha | Araújo | Churrasqueira Cheiro Guloso | Churrasqueira Paraíso do Frango | Colher de Pau | Fika Keto | Grelhador | Museu da Chanfana | O Careca | O Carpinteiro | O Espanhol | O Ferrador | O Pedroso | O Professor | Pátio do Xisto | Pentágono | Retiro do Mendes | Rufino | S. Miguel | Teia | Telheiro Rest | Varandas do Ceira | Zé Padeiro

sábado, abril 20, 2013

Mercado do Queijo e dos Romanos

PROGRAMA

20 de Abril
21h30 – Espaço-Museu da Villa romana do Rabaçal (Inverno Cultural)
Grupo de Fado Aeminium e Orquestra Bandolim Condeixa

21 de Abril
Estação-Arqueológica da Villa Romana do Rabaçal
09h30 – Abertura do certame
Mercado do Queijo Rabaçal, Vinho Terras de Sicó, Azeite Sicó, Mel, Nozes e Artesanato
Mercado de Agricultura Tradicional e Familiar
OFICINAS INFANTIS de Fabrico do Queijo e do Pão
Atelier de Mosaico e Pintura ao Ar Livre
Visitas guiadas ao Museu e Estação Arqueológica
Show Cooking
10h30 – II Jornadas de Laticínios, Junta de Freguesia do Rabaçal
11h00 – Receção às entidades oficiais
11h30 – Recriação histórica (chegada do Patrício Romano escoltado por Decúria)
12h30 – Desfile etnográfico
15h00 – Recriação histórica (cenas do Quotidiano Romano)
16h00 – XIII FESTIVAL DE FOLCLORE
Rancho de Loreto (Guimarães)
Rancho Folclórico “Os Unidos“ (Mortágua)
Rancho Folclórico de S. Sebastião (Loulé)
Rancho Folclórico CSP Rabaçal
19h00 – Encerramento do certame

Os Valores da Democracia em Debate


sábado, abril 13, 2013

As martirizadas voltam à estrada


20 e 21 de Abril de 2013 todos os Caminhos vão dar á Capital do Motomartirizadismo... Chãs de Semide... Miranda do Corvo espera por ti... conto ctg...

Mais pormenores em:
 

Mal-empregados


quinta-feira, abril 11, 2013

Os Verdes visitam o Ramal da Lousã

"Visita partidária, convite
Sexta, dia 12 as 14h, a delegação parlamentar do Partido os Verdes virá visitar o Ramal da Lousã.
A visita terá início junto á Estação da CP de Miranda, em frente ao cinema.
Convidamos todas as pessoas a participar.
Na segunda apos contactos com membros do Movimento Cívico e autarquias será definido ( e depois divulgado) o programa definitivo, que poderá incluir visitas nos concelhos de Lousa e Coimbra, se as pessoas mostrarem interesse.
Convidamos todos os interessados a acompanharem a visita.
È fundamental alertar a classe politica, toda, do governo e oposição, da direita e da esquerda, que é fundamental fazer avançar o projecto Ramal da Lousã/Metro Mondego.
Neste período de crise financeira é fundamental sensibilizar a classe politica (toda) para que o Estado garanta financiamento junto da União Europeia para a concretização do projecto."
Jaime Ramos, Movimento Cívico de Lousã e Miranda do Corvo

quarta-feira, abril 10, 2013

segunda-feira, abril 08, 2013

Taça da Europa de Cadetes de Judo

13 e 14 de Abril de 2013, no Pavilhão Municipal de Miranda do Corvo.

domingo, abril 07, 2013

Grafite e Pixels


Inaugurada no passado sábado, dia 6 de Abril pelas 17h00, na Biblioteca Municipal Miguel Torga, a exposição "Grafite e pixels" da autoria de Pedro Morais reúne desenhos a grafite sobre papel pintados no computador.
São desenhos de encomenda realizados entre 2009 e 2012 para crianças e adolescentes entre os 6 e os 15 anos. Também estarão expostos alguns estudos e desenhos originais.
Pedro Morais nasceu em Moçambique em 1962.
Desde 1981 tem publicado regularmente banda desenhada e ilustração e colaborado com diversas editoras, jornais e revistas.
Em 1982 participou num curso de ilustração infantil organizado por Maria Keil, apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian.
Em 1988 foi o responsável gráfico e ilustrador do suplemento quinzenal Das Artes e das Letras (O Primeiro de Janeiro).
Professor nos departamentos de Desenho e Design do ar.co (Centro de Arte e Comunicação Visual) nos anos letivos de 1996-97 e 1997-98.
Responsável gráfico e ilustrador do Programa Internet na Escola de 1997 a 2003.
Autor das ilustrações das coleções "Os Super 4" (Bertrand, 1995) e das "Aventuras de Miguel e Ricardo" (Ambar, 1998-2009).
Com Luís Almeida Martins criou a banda desenhada “Júnior, Joana & Gão” (Visão Júnior, 2004-2008).
Autor das ilustrações para as capas da coleção "7 Irmãos" (Oficina do Livro, 2009-2013) e de ilustrações para os manuais escolares "Diálogos 8" e "Diálogos 9" (Porto Editora, 2012-2013).
Tem mostrado regularmente o seu trabalho em exposições coletivas e individuais em Portugal e no estrangeiro. Destacam-se "Histórias da Cidade Canyon" na Livraria Barata (1990) e "A mala" na Bedeteca (2007).
A exposição estará patente até ao próximo dia 30 de Abril de 2013.

quarta-feira, abril 03, 2013

Ciência em Movimento em Penela


3, 4 e 5 de Abril de 2013, na ETP de Sicó, Penela.

terça-feira, abril 02, 2013

Estrada Fora - Uma Década de Viagens


De 6 de Abril a 31 de Maio
Exposição de fotografia de José Luís Santos
«Estrada fora - uma década de viagens»
Inauguração: 6 de abril - 15h - Conferência com Nuno Lobito «Para viajar basta existir»
Local: Átrio da Biblioteca Municipal Comendador Montenegro
Organização: C. M. Lousã e Cooperativa Trevim

Jornadas do Património

Este mês está agendada mais uma jornada, Miranda do Século XXI.

Estratégia Empresarial em Tempos Difíceis



A Câmara Municipal de Miranda do Corvo, através do seu Gabinete de Apoio à Inovação Competitividade e Empreendedorismo (GAICE), irá promover uma conferencia sobre “Estratégia Empresarial em Tempos Difíceis”, que terá lugar no dia 3 de Abril, no Auditório da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, pela 17h30.
A conferência contará com a presença, como orador, do Professor Doutor Fernando Carvalho, Professor Auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Especialista em Estratégia Empresarial e actual Coordenador do Projecto Especial de Planeamento Estratégico da Universidade de Coimbra.
Sendo este um tema bastante actual, tanto pelas condicionantes económicas e financeiras, ou até pela ausência de uma estratégia de médio/longo prazo com que muitas empresas se defrontam, esta conferência terá como principal objectivo alertar para os sintomas do declínio organizacional e os sinais de alerta que deverão levar uma empresa a implementar uma estratégia de mudança.
Destinada a todos os empresários e interessados no tema, que queiram fazer crescer as suas empresas ou a suas ideias, esta conferência, insere-se na estratégia definida pelo Município de Miranda do Corvo, que dá prioridade ao Crescimento Económico, à Inovação, à Competitividade e ao Empreendedorismo, representando uma aposta forte nas pessoas e no seu capital empreendedor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...