quinta-feira, fevereiro 12, 2009

"Chovem Amores na Rua do Matador" no Auditório Municipal, dia 14 de Fevereiro


Baltazar Fortuna regressa a Xigovia para matar… saudades.
Pretende reencontrar os seus ex-amores: Mariana Chubichuba, Judite Malimali e Ermelinda Feitinha.
Entretanto, num sonho, elas, as três, dizem-lhe: “Nós não te precisamos matar, nós já te matámos dentro de nós. Há muito tempo que não vives nas nossas vidas…”

Esta nova criação, da autoria de Mia Couto e José Eduardo Agualusa, é a segunda etapa do projecto Interiores e resultado do desafio lançado a estes dois escritores para criarem um texto inédito para o Trigo Limpo teatro ACERT.

Como eles próprios explicam mais do que trabalho a feitura deste texto foi puro prazer.
E se já no princípio dos princípios, na génese, o princípio era o verbo, a feitura deste chovem amores… parte dessa atitude quase mágica de começar a proferir as palavras para que as coisas aconteçam. E da filigrana das letras nasce demorada e gostosamente um mundo pequenino onde vivem as nossas personagens.

Auditório Municipal de Penela, Sábado, 14 de Fevereiro de 2009, pelas 21h00

Ficha Técnica:

Texto: José Eduardo Agualusa e Mia Couto
Encenação: Pompeu José
Interpretes: José Rosa e Sandra Santos
Cenografia: Zé Tavares e Marta Fernandes da Silva
Figurinos: Ruy Malheiro
Música: Cheny Mahuaie, Fran Perez, Lígia Zango, Matchume Zango e Tinoca Zimba
Desenho de luz: Luís Viegas
Técnicos: Cajó Viegas e Paulo Neto
Assistência: Gil Rodrigues
Bonecas: Luís Pacheco
Carpintaria: Carmosserra
Serralharia: Rui Ribeiro
Fotografias: Carlos Teles e Eduardo Araújo


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...