quarta-feira, outubro 03, 2012

Miranda às escuras 2



Miranda by night, eis uma história surreal, que é real.
É verdade. Há uns dias atrás, a noite punha-se mais cedo em Miranda do Corvo (pelo menos nalgumas ruas), às 20 horas, a noite já estava escura que nem bréu.
E que dizer às 6 horas da manhã?
A iluminação pública era desligada em nome da poupança?
Ou da Troika?
Ou será da EDP?




Poupa-se numas coisas, mas não se poupa noutras. 
Porque motivo não se cortam nas festarolas e nos jantares com 50 convivas?
Havia quem fosse para a Estação às escuras… sem ver vivalma, tacteando pelo caminho em busca dos autocarros (mais outra história fabulosa!).
Afinal, o que se passa em Miranda do Corvo?
Talvez, uma história com os requintes do Bem Amado…
Já não há dinheiro para pagar a electricidade?




Ultimamente, a insegurança tem-se sentido em Miranda do Corvo, com o número de assaltos e de vandalismo a dispararem em flecha.
Será que os ladrões estavam à espera que desligassem as luzes?
No meio de tanto aperto de cinto os munícipes é que se trabalham, alheios a querelas partidárias entre o PSD e o PS e a guerras de arlequim e manjerona, sempre mais do mesmo, como no país…
Eles vão-se revezando, mas são sempre os mesmos… Não se iludam com o aproximar das eleições!
Eles e elas andam aí numa marcação cerrada.
No entanto há quem não consiga compreender porque motivo nalguns pontos da vila de Miranda do Corvo havia luz?

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...