domingo, março 25, 2007

OTA... - Parte II

Mas, afinal onde fica a Ota?

A Ota é uma freguesia portuguesa do concelho de Alenquer, com 46,36 km² de área e 1 198 habitantes. Densidade: 25,8 hab/km². A Ota fica localizada a 50 km da Capital.


Lagoas, pântanos e valas cheias de água, numa zona de bacia de inundação do rio Tejo, povoam grande parte dos terrenos para onde está previsto construir o futuro aeroporto de Lisboa, no concelho de Alenquer.


«(…)Será um aeroporto no meio do pântano que terá que ser construído sob estacas», constatou o ambientalista que há anos analisa os estudos do aeroporto.

O rio de Alenquer, a ribeira e Paul de Alvarinho, o rio e Paul de Ota são as principais linhas de água de uma zona onde também abundam valas que retêm a água utilizada para regadio.

«Quando começarem a escavar só vão encontrar água e no Inverno, quando o Tejo sobe, isto é um mar», acrescentou José Morais.

Como o local não está todo ao mesmo nível, no total será necessário movimentar 50 milhões de metros cúbicos de terras.

«Só para se construir a plataforma serão 20 metros de altura de terra em cima de pilares mergulhados em lodo», continuou José Morais, uma das vozes que mais se tem oposto à construção do aeroporto naquele local.

«Até agora a água das chuvas é aqui retida, produzindo um efeito de esponja, mas quando tudo isto for impermeabilizado a água vai ser encaminhada para outras zonas onde vai provocar cheias», avisou.

Além disso, continuou, «os habitats aquáticos desta zona ficarão destruídos assim como nove mil sobreiros».(…)

Excerto da entrevista dada pelo biólogo José Carlos Morais e dirigente da associação ambientalista de Alenquer (ALAMBI), ao Portugal Diário


(…) «O ministro das Obras Públicas, admitiu hoje que o Banco Europeu de Investimento (BEI) poderá ser uma das possibilidades no financiamento do novo aeroporto, acrescentando que não ter dúvidas de que a União Europeia vai aprovar o projecto. (…)» in Diário Económico


«A Quercus e a Associação para o Estudo e Defesa do Ambiente do Concelho de Alenquer (ALAMBI) consideram que o novo aeroporto da OTA é um projecto mal justificado, sugadouro de dinheiros públicos, dificilmente rentabilizavel face a outras soluções mais baratas, e classificam-no como um enorme elefante branco.

Desde o início que os movimentos ligados à defesa do ambiente se têm mostrado bastante reticentes em relação à construção de um Novo Aeroporto Internacional de Lisboa na Ota. Os estudos de incidência ambiental determinam claramente a impossibilidade de uma decisão ponderada sem estudos complementares e sem que se houvesse realizado um Estudo de Impacte Ambiental. E que a limitação de conhecimento do projecto impeditiva de qualquer tomada de posição definitiva, indicava que nada seria assumido sem a intervenção séria e abalizada dos agentes interessados.»

In http://www.quercuslisboa.org/sitio/?q=taxonomy_menu/6&from=15


Colaboração de Antero Ferreira, autor dos Blogs Angola Saudades e Moçambique Saudades

Fotos, texto e slide show de Luís Leite Pinto, para a Associação Ambientalista Alambi

(e-mail a vogar na net)


Mais informações ainda em:

http://www.alambi.net

http://www.naer.pt

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...