segunda-feira, abril 05, 2010

Queima do Judas 2010, no Espinhal

Anunciada para as 15, só teve lugar às 16 horas, a Queima do Judas, na Vila do Espinhal, concelho de Penela. O mafarrico fez-se transportar num atrelado puxado por tractor agrícola pertença da Junta de Freguesia do Espinhal.


Mais atrás era acompanhado como é costume todos os anos pela Filarmónica do Espinhal dirigida pelo Maestro José Antero.


Judas Iscariote foi enforcado numa árvore junto à antiga Casa do Povo do Espinhal, para gáudio dos presentes, este ano em menor número que nos anteriores. As pessoas diziam: «- É todos os anos sempre a mesma coisa!» Em jeito de remate é uma pena que um costume tão antigo se perca, como ocorreu em Penela, que o Judas já não é queimado há mais de 10 anos.


Com mais ou menos pólvora e perante a boa disposição dos presentes, lá arrebentou a primeira bomba que lhe deu cabo duma perna, ficando a palha à mostra. Foi então preciso auxílio, tendo acorrido em socorro do enforcado, o Luís, um espinhalense de gema, que lá largou fogo à palha tendo o boneco ainda estrebuchado depois de 5 valentes estouros e o estrepitar doutras bombas mais pequenas.


Após, a Queima do Judas seguiu-se um pequeno concerto dado pela Filarmónica do Espinhal, tendo tido lugar na Casa do Povo do Espinhal, a apresentação da peça de teatro «O Auto do Boticário», pelo Grupo de Teatro do Espinhal.

E para o ano há mais…

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...