segunda-feira, abril 05, 2010

Utentes avaliam transportes altarnativos no Ramal da Lousã

Será semelhante a este, o Metro que percorrerá o Ramal da Lousã?

Até ao fim deste mês, a Metro Mondego está a avaliar o grau de satisfação dos serviços alternativos no Ramal da Lousã. Mediante um questionário, os utentes poderão avaliar qualitativamente o serviço nas várias componentes: comodidade, oferta de transportes, horários, segurança, limpeza, estado de conservação dos autocarros e duração das viagens. Por outro lado, a informação disponível, a qualidade de atendimento e o apoio prestado são também preocupações avaliadas pelo questionário e os utentes têm ainda um espaço distinto para indicar os aspectos que gostariam de ver melhorados nos Serviços Rodoviários Alternativos.

«A opinião dos utilizadores é importante para a melhoria contínua do serviço de transporte, pelo que se espera o preenchimento do questionário de uma forma sincera, podendo os cidadãos exprimir o grau de satisfação quanto à generalidade

do serviço», lê-se em nota da Metro Mondego, no site oficial.

Os utentes interessados em responder ao questionário podem imprimi-lo directamente do site da Metro Mondego, ou através do blog http://servicosalternativos.blogspot.com, podendo ainda pedi-lo no Espaço Metro Mondego. Depois de preenchido, o questionário deverá ser entregue até ao dia 30 de Abril nas bilheteiras de Miranda do Corvo, Coimbra Parque e São José. Caso seja entregue no Espaço Metro (em Coimbra, frente à Câmara Municipal), até ao dia 20 de Abril, será oferecida uma mochila da Metro Mondego.

Espaço Metro mostra obras no Ramal da Lousã

Entretanto, está patente a exposição “A obra que liga concelho”. É uma mostra de fotografias das frentes de obra da primeira fase, nomeadamente a construção das interfaces da Lousã, Miranda do Corvo e Sobral de Ceira.

«São imagens reais das obras, com as máquinas a trabalhar durante a construção das interfaces», disse fonte do Espaço Metro, explicando que a mostra pretende divulgar e, como tal, contempla fotografias do início das obras e fotografias actuais, tiradas entre a semana passada e esta semana, com as interfaces já concluídas. Com o avançar das obras alguns dos painéis serão substituídos, pelo que a exposição será actualizada.

«Muitas pessoas, como ainda viram a obra, pensam que ainda não começou», referiu a mesma fonte anunciando que «tem sido feito um esforço enorme no sentido de massificar a informação no Espaço Metro, site, blog, Twitter e canal Youtube», de forma a mostrar a evolução do Sistema de Mobilidade do Mondego e que muitos têm sido os cidadãos que se têm deslocado ao Espaço Metro, para ver a maqueta das obras, bem como o vídeo disponível e as exposições informativas. «Só em Janeiro tivemos cerca de 2200 visitas. Em Fevereiro e Março tivemos um pouco menos, mas ainda assim, nos dois meses tivemos cerca de três mil visitantes», lançou.

Fonte: Diário de Coimbra



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...