sexta-feira, agosto 19, 2011

História, devoção e espiritualidade” chamam peregrinos ao Senhor da Serra


«Em torno da primeira metade do século XVII, em Ceira, o casal Martinho Avô e a sua mulher, Maria Guilhalme, residentes em Ceira, detinham a posse de um Cristo que passou a ser alvo de grande devoção». Assim começa a história que o santuário do Divino Senhor da Serra pretende dar a conhecer através do livro lançado ontem, no primeiro dia da romaria do Divino Senhor da Serra, que já chegou a levar até ali, em tempos, mais de «30 mil peregrinos». Uma obra intitulada “Santuário do Divino Senhor da Serra de Semide – História, Devoção e Espiritualidade”, que consubstancia um tríptico dedicado ao santuário, com Regina Anacleto, professora na Faculdade de Letras da Universidade Coimbra, a abordar a “Arte e Património” do Senhor da Serra, Maria Teresa Osório de Melo, licenciada em Histórico-Filosóficas, a escrever sobre os “Ex-votos narrativos”, ou milagres do Divino Senhor da Serra e por fim, o capelão do santuário, João Paulo Fernandes, a abordar a espiritualidade.


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...