sábado, junho 23, 2012

Metro Mondego - Da realidade à miragem?


A exposição fotográfica que ilustra os trabalhos realizados no âmbito do projecto do Metro Mondego foi hoje inaugurada na Câmara Municipal de Miranda do Corvo.
Esta exposição, organizada pelas três autarquias servidas pelo projecto, com a colaboração do Movimento Cívico de Lousã e Miranda, pretende alertar para a situação caricata de uma obra que parou após a realização de obras de valor avultado e que se encontram sem utilidade se não forem terminadas.
Para além da situação do desperdício de dinheiro se as obras não vierem a ser concluídas, a exposição visa chamar a atenção para os compromissos que foram assumidos.
O Ramal da Lousã era uma infra-estrutura que transportava anualmente cerca de 1 milhão de passageiros. Com o arranque das obras a infra-estrutura foi inutilizada impossibilitando o transporte. No decurso das obras fomos surpreendidos com o anúncio da suspensão sine die das empreitadas.
Trata-se de uma situação incompreensível tanto mais que o lançamento do projecto no terreno já se efectuou em pleno cenário de crise, não podendo esta servir de razão para a suspensão.
Apesar dos graves prejuízos entretanto causados pela indefinição no processo, as recentes declarações do Secretário de Estado dos Transportes, levam a crer que terá sido encontrada a saída que permitirá o avanço das obras a breve trecho.
Mais do que uma simples exposição que ficará para memória futura de uma mau exemplo de gestão, fica demonstrada a união de vários concelhos e da sociedade civil em torno de um objectivo comum. Esta união foi certamente um dos motivos que levou a que o processo não caísse no esquecimento.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...