sábado, maio 29, 2010

Abriu a Expo Miranda 2010

“O primeiro dia de Expo-Miranda foi acompanhado dos bons sabores locais e de algumas surpresas. A primeira foi revelada logo no início da abertura do certame, quando cerca de uma centena de alunos da Escola EB 2/3 Secundária José Falcão surpreendeu os presentes com um “flash mob” em que estudantes do 7.o ao 9.o ano fizeram uma coreografia ocupando todo o corredor transversal dos expositores. «Preparámos isto nos últimos dois, três dias», afirmou Laura Gonçalves, do 8.o ano daquela escola, adiantando que «foi muito divertido», trabalhar o “flash mob”. Enquanto isso, Diogo Cancela, do 9.o ano, explicou que «foram os professores que sugeriram» a coreografia e que a partir daí se integraram os alunos dos outros anos.


Paralelamente, a comitiva que presidiu a inauguração, foi, como habitualmente, de stand em stand, conhecer os produtos e entidades que ali expõem, sempre acompanhados pelos petiscos tradicionais, que os diversos expositores disponibilizaram, como o vinho de Lamas, da Junta de Freguesia de Lamas, o leitão, a chanfana e a tradicional jeropiga de Moinhos, ali representada pelos confrades da Confraria dos Amigos da Geropiga de Moinhos e Arredores.

GNR estrearam o palco do certame

Os expositores são muitos e a variedade é a palavra de ordem, desde vestuário a automóveis, passando pelas novas tecnologias e pela educação, cada stand tem algo para descobrir e incita a visitar, como é o caso do expositor do Parque Biológico da Serra da Lousã, cuja guia, Patrícia Baltazar, conta que, logo no primeiro dia de certame, o expositor chamou a atenção dos visitantes, até porque, além dos panfletos, o local está munido de um vídeo promocional que mostra todas as zonas de interesse do parque, como a zona de vida selvagem e o centro hípico.


E se as primeiras horas de expo foram “tímidas” em termos de visitantes, ao fim da tarde a conversa já era outra. Aqui e ali, aproveitando a zona das tasquinhas, passeavam famílias e grupos de amigos, alguns, inclusive, de fora da região. Foi o caso de Cátia Felício, que, apesar de residir na Marinha Grande, aproveitou para passar estes dias de feira em Miranda. «Já não é a primeira vez que venho», conta, afiançando que este ano o certame «está melhor», aliás, a jovem de 17 anos defende a organização da expo, confessando que só o cartaz poderia ser melhor.


Entre autarcas e representantes municipais, estiveram também presentes João Aqueleu, presidente de Santa Catarina do Fogo, município cabo-verdiano geminado com Miranda do Corvo, e Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal. À noite, os GNR, banda mítica de rock português, deram espectáculo e agitaram o palco da Expo-Miranda.”

Fonte: Diário de Coimbra





Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...