segunda-feira, maio 21, 2012

Feira Medieval de Penela

Uma só palavra para descrever este evento: Espectáculo.
Vale a pena ir até Penela nos dias 26 e 67 de Maio é uma sensação, como se entrássemos numa qualquer máquina do tempo virtual e recuássemos até à Idade Média.
Exagero ou realidade?
Descubra você mesmo...


Feira Medieval 2012
Castelo de Penela
Penela nos tempos de El Rei D. Diniz e do Infante D. Afonso


Sábado: 26 de Maio
12H00
– Auto de Abertura do mercado com folguedos ao som de Bombos e Gaitas de Foles
12H30 – Leitura da Carta Régia de El Rei D. Diniz com Mercê ao Concelho
13H00 – Abertura das pipas com Festim Farto na Taberna do Infante
14H00 – Melodias e Trovas com Menestréis e Trovadores
14H30 – Visita do Meirinho e Almotacem às tendas, acompanhado pelas Milícias
15H00 – Traquinices com petizes e Demanda de Tesouros
15H30 – Seminário «Senhores de Penela em Tempos Antigos», pelo Doutor Saul Gomes
Centro Estudos História Local e Regional Salvador Dias Arnaut
16H00 – Danças mouriscas e a arte do encantador de serpentes
16H30 – Anúncio do nascimento do Infante Afonso e busca de amas-de-leite
17H00 – Recrutamento de moços para as guerras com Castela
17H30 – Recriação Histórica - Teatro «Caspirro»
19H00 – Provas de destreza com béstas e arco para formação do Corpo de Besteiros
19H30 – Saltimbancos e Jograis
20H00 – Repasto com petiscos fartos e beberes frescos
20H30 – Bailias e folias, danças e arremedos dos Truões e Saltimbancos
21H30 – Recrutamento das amas-de-leite e a escolha de Sancha Pires
22H00 – Festejos e louvores com as vozes sacras “Labor Omnia Vincit”
23H00 – Assalto ao Castelo
24H00 – Folguedos dos Malabares de fogo grego pelos truões
01H00 – Ronda dos Beleguins para encerramento da festa e pernoita dos Viandantes

Domingo: 27 de maio
12h00
– Recomeço dos Folguedos com a leitura da Carta de Feira e Bênção do Mercado,
12H30 – Recomendações aos Mesteirais e confissão a penitentes
13H00 – Manjares e Beberagens com sabores de antanho na Taberna do Infante
14H00 – Melodias e Trovas com Menestréis e Trovadores
14H30 – El Rei D. Diniz manda fixar residência em Penela ao Infante D. Afonso
15H00 – Cortejo Régio para recebimento do emissário do Rei de Castela
15H30 – Leitura dos termos do Tratado de Alcanizes e anúncio de obras nas muralhas
16H00 – Traquinices com petizes e Demanda de Tesouros
16H30 – D. Diniz surpreende a Rainha D. Isabel a distribuir pão aos pobres
17H00 – Comeres tradicionais e beberes de mão-cheia
17H30 – Contratação dos esponsais entre D. Beatriz de Castela e D. Afonso de Portugal
18h00 – Bailias, folias e danças, saltimbancos e malabaristas.
18H30 – Agasalho e lava-pés aos peregrinos de Santiago
19h00 – Autos de encerramento dos Folguedos com Jograis
20h00 – Selagem régia das pipas

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...