quinta-feira, outubro 02, 2008

Na Agenda da Lousã - Mês de Outubro de 2008

CULTURA

01 a 31 de Outubro - ACTIVIDADES NA BIBLIOTECA MUNICIPAL

3as e 5as
A partir das 14h60m na Sala Infanto - Juvenil


“Dom Escuro”, de Carlos Edgar e ilustrações de Adalgisa Duarte, Lúcia de Deus e Luís D’Almeida
“O Sonho é…”, de José Jorge Letria e ilustrações de Carla Pott

01 a 31 de Outubro - PEÇA DO MÊS

"Uma forma diferente de conhecer os objectos do Dia a Dia deste povo que somos"
“PIPO DE AGUADEIRO”


Local: Museu Etnográfico Dr. Louzan Henriques (Núcle de Investigação do Ecomuseu da Serra da Lousã)

01 a 16 de Outubro - EXPOSIÇÃO “FAUNA E FLORA DA FLORESTA LITORAL”


Local: Sala de Exposições Temporárias do Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques
Org. Câmara Municipal da Lousã
Apoio: Direcção Regional de agricultura e Pescas do Centro / Europ Direct Beira Litoral

09 a 29 de Outubro - “O REGICÍDIO NA IMPRENSA DA ÉPOCA”

(Palestra / Conferência em data a anunciar oportunamente)


Local: Átrio da Biblioteca Municipal da Lousã
Apoio: Câmara Municipal da Lousã / Hemeroteca Municipal de Lisboa

18 de Outubro a 09 de Novembro - EXPOSIÇÃO DE PINTURA “TCHUM NHU LIEM – 20 ANOS DEPOIS”

16h - Inauguração com apresentação da Obra da Pintora por Dr. Paulino da Mota Tavares e Dr. Machado Lopes

Local: Sala de Exposições Temporárias do Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques
Organização: Câmara Municipal da Lousã / Arte Via Cooperativa

DESPORTO

04 a 05 de Outubro - BASQUETEBOL - TORNEIO SERRA DA LOUSÃ

Local: Pavilhão Municipal nº1 (Junto à Escola Secundária da Lousã)
Organização: Clube Desportivo Lousanense – Secção de Basquetebol
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

05 de Outubro - BTT - AVALANCHE 2008

Às 13h

Local de Concentração: às 9h no Parque Municipal de Exposições
Partida: 13h no Trevim
Organização: Montanha Clube
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

05 de Outubro - PERÍCIA AUTOMÓVEL

Às 14h

Local: Campo de Futebol das Gândaras
Organização: Clube Académico das Gândaras
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

24 a 26 de Outubro - III ENCONTRO NACIONAL DE DEFENDERS

Local: Aeródromo da Lousã
Organização: Land Lousã
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

25 a 26 de Outubro - GEORAID

Inicio e final do evento: Pousada de Juventude da Lousã
Organização: Ciclonatur
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

Calendário de Jogos

Não existem eventos relevantes este mês

EDUCAÇÃO

01 de Outubro - ENERGY BUS NA LOUSÃ

Junto às Escolas 2/3 e Secundária - Rua Gil Vicente


ECO - Programa de Eficiência Energética

12 de Outubro - ESCRITORA E ILUSTRADORA KALA

Às 16h
Apresentação do Bailado “Os brinquedos de Orion” pela Academia de Bailado da Lousã
Sessão de autógrafos e apresentação do livro “A grande aposta”

Local: Biblioteca Municipal da Lousã

31 de Outubro - “A MINHA ESCOLA NÃO É ESTA.” - DR. PEDRO STRECHT

Às 18h
Integrada no Ciclo de Conferências “Vamos Falar de... Educação.”

Local: Auditório da Biblioteca Municipal da Lousã

FEIRAS E FESTAS

Não existem eventos relevantes este mês nesta secção

JUVENTUDE

Não existem eventos relevantes este mês nesta secção

OUTROS

01 a 31 de Outubro , 10h00 às 19h00 - LOJA DO XISTO NA ALDEIA DO XISTO DO CANDAL

Produtos Tradicionais e Artesanato.
Encerra à 3.ª feira.


04 de Outubro - Aquele Querido Mês de Agosto

Sessão Especial Aniversário do Cine - Teatro (61 Anos) 16h30m e 21h30m
Filme candidato a Nomeações de Hollywood


Ano 2008
Idade M/12
Duração 150 minutos
Género Drama
Distribuidora O Som e a Fúria
País de Origem Portugal

Site Oficial

Cine da Lousã exibe filme candidato a Nomeações de Hollywood

Este filme foi escolhido pelo ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual) para representar Portugal na nomeação aos Óscares da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira. Na base da escolha a qualidade e a consistência da obra. A decisão foi anunciada oficialmente ontem ao fim da tarde.

COLECTÂNEA DE UM PORTUGAL QUE NÃO EXISTIA

Está em exibição a segunda longa-metragem de Miguel Gomes, AQUELE QUERIDO MÊS DE AGOSTO, inspirada no clima intenso do pico do Verão nas aldeias da Beira Serra – admiráveis mundos da nossa paisagem bucólica que se espraiam pelos montes e de onde emergem, em período de grande agitação, personagens únicos, velhos costumes, dramas e comédias e a característica música ligeira das festas e romarias. Como se tivessem renascido.

Os fogos incendeiam as noites. As procissões religiosas, que os foguetes anunciam, saem à rua. Os grupos de música ligeira de Verão errante sobem aos palcos. Retomam-se passos de dança que não esquecem. As aldeias renascem, vigorosas, durante um mês e voltam a apagar-se. Subitamente, o fogo de artifício de Agosto desaparece. O realizador quis fazer um filme sobre o que significa “estar vivo” no coração de Portugal.

AQUELE QUERIDO MÊS DE AGOSTO desvenda memórias das aldeias retratadas buscando a grande história para contar. E nós vemo-las desfilar ao longo da ficção/documentário como se descessem calmamente sobre as águas do rio Alva. Vivências sem paralelo que o realizador expõe através de um mergulho que buscou nas diferenças de estilos a abordagem das profundezas de uma alma. A piscina preferida do realizador.

Entram na dança inesperadas figuras do Portugal profundo: jovens observadoras de fogos capazes de imaginar um palco numa torre de vigia, carros de bombeiros a puxar para a década de 40 do século passado, velhos que não vergam com o tempo e ainda ensaiam uma vida nova, figuras sem eira nem beira que arriscam a vida para brilhar. Os típicos grupos de baile, mas os de estrada tortuosa e estridente guarda-roupa, de que haverá de sair a tripla de actores principais.

O documento é também o primeiro passo de todos os actores nas artes dramáticas. Não são actores profissionais, desempenham os papéis das suas vidas. Se quisermos, esta produção é uma grande festa de Agosto preparada com três anos de antecedência. Espaço de tempo em que decorreu a “expedição” ao Portugal profundo – ou elevado – da Beira Serra, mas também o tempo da procura de um rumo para o resultado final. Miguel Gomes dispensou os actores. Procurou pessoas e a história das histórias, que acabou por encontrar ao fim de um curioso processo de busca, transformando-a em ficção.

Sem barreiras, sem limites, AQUELE QUERIDO MÊS DE AGOSTO, que também destapa os humores da equipa de realização, introduzindo-os no decorrer da acção, surge, como produto acabado, à chegada de um longo período de aproximação à realidade de Arganil, Oliveira do Hospital, Góis, Pampilhosa da Serra e Tábua, tendo por ponto de partida o mês de Agosto nas aldeias do Portugal afastado unidas por uma colectânea de música ligeira. Uma película comparável a um gelado de dois sabores que o calor do Verão derrete e confunde.

OUTROS DADOS DE RELEVO
AQUELE QUERIDO MÊS DE AGOSTO, uma obra da produtora O Som e a Fúria, em co-produção com a produtora/distribuidora francesa Shellac Sud, que contou com o apoio da RTP e do ICA, foi o ÚNICO filme português presente na Quinzena dos Realizadores da 40.ª edição do Festival de Cannes, onde recebeu o aplauso entusiástico da crítica. Recentemente, foi apresentado na Competição Internacional do Festival de Documentários de Marselha e homenageado no 16.º Curtas Vila do Conde, na secção "In Progress”.

Em termos de presenças em competições internacionais, o filme foi seleccionado, entre outros, para o Festival do Rio (Brasil), o Festival Internacional de Valdivia (Chile) e o Festival de Cinema Independente de Buenos Aires (Argentina), bem como para o Festival Internacional de Chungmuro (Coreia), o Festival de Beirute (Líbano) e o Festival Internacional de Vancouver (Canadá). Na Áustria, a Viennale dedica a Miguel Gomes uma retrospectiva integral da sua obra.

Ver Trailler

31 de Outubro a 09 de Novembro - FESTIVAL GASTRONÓMICO DO MEL E DA CASTANHA “SABORES DE OUTONO”

A decorrer nos Restaurantes Aderentes


Organização: Câmara Municipal da Lousã

DIAS ESPECIAIS

Não existem dias especiais relevantes este mês



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...