quarta-feira, outubro 05, 2011

Comemorações da Implantação da República em Miranda do Corvo



O Centenário da Implantação da República foi assinalado em Miranda do Corvo com um vasto e variado programa unanimemente considerado de grande qualidade.
Ao longo de quase dois anos a Câmara Municipal e a Comissão Organizadora das Comemorações do Centenário da República em Miranda do Corvo levaram a cabo as mais variadas iniciativas, desde tertúlias e conferências a homenagens a republicanos ilustres, passando também por actividades lúdicas.
No dia 5 de Outubro, fecha-se este ciclo de Comemorações do Centenário da República em Miranda do Corvo, tendo sido lançadas as sementes para que a República se comemore a cada dia, celebrando o primado da Liberdade, Igualdade e Fraternidade.
Ao longo destes quase dois anos foram realizadas intervenções de grande qualidade e interesse, em tertúlias e conferências animadas por personalidades de reconhecido mérito. Destacam-se o Professor Doutor Amadeu Carvalho Homem, o Dr. Fernando Fava, o Professor Carlos Esperança, o Dr. António Arnaut, o Dr. Manuel Magalhães e Silva e o Dr. Jaime Ramos.
Dado o valor histórico e documental que estas intervenções encerram, a autarquia decidiu publicar as mesmas em livro, com a colaboração dos oradores. O livro será amanhã apresentado no auditório do Edifício dos Paços do Concelho, intitulando-se “República e Democracia”.
Miranda do Corvo não tinha a República na sua toponímia. Face a esta lacuna, a câmara municipal requalificou um espaço na vila, atribuindo-lhe o nome de “Praça da República”. Amanhã, simbolicamente, será neste espaço entoado o hino e realizado o hastear da bandeira.
No decorrer das Comemorações da República, o Professor Doutor Amadeu Carvalho Homem decidiu doar a sua biblioteca à Câmara Municipal. Trata-se de um grande conjunto de publicações que este investigador utilizou no seu trabalho e que ficarão à disposição do público na Biblioteca Miguel Torga, no Centro de Estudos Republicanos Amadeu Carvalho Homem.
A terminar as comemorações, será inaugurada na Biblioteca Miguel a exposição “A Maçonaria no Advento da República”, exposição que estará patente até ao dia 31 de Outubro.
Esta exposição reúne largas dezenas de peças originais da época que ilustram vários aspetos da Implantação da República. Muitas destas peças estiveram recentemente expostas no Museu da Presidência da República, atestando o valor das mesmas.
A organização desta exposição contou com a colaboração do Museu Vila Isaura, do Museu Municipal Santos Rocha, do Museu Maçónico Português e da Fundação Bissaya Barreto, que cederam peças para a mesma, para além de alguns particulares, nomeadamente familiares de José Falcão, Baeta de Campos e Armando Alves da Silva.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...