domingo, outubro 02, 2011

Feira do Mel ou Feira das Velharias (eis a questão)?

 
(Este cartaz tem um ano, mas a Feira das Velharias propriamente dita realiza-se no primeiro domingo de cada mês, entre as 9 e as 17 horas)

"A realização da Feira do Mel tem assumido um sucesso crescente no Concelho de Miranda do Corvo.
O dia 2 de Outubro foi a data escolhida para a realização deste certame, tendo como “pano de fundo” a excelente área ajardinada da Praça José Falcão.
A realização de feiras deste tipo contribui para a promoção de produtos do Concelho e da Região, sendo o mel um dos mais significativos.
A região da Serra da Lousã, onde Miranda se insere, é uma área privilegiada para a apicultura, pela sua grande diversidade florística, onde abundam as espécies melíferas.
Para esta edição estavam inscritos cerca de 30 produtores.
Para além de apicultores do concelho de Miranda do Corvo, estavam também representados apicultores dos concelhos vizinhos da Lousã, Penela, Arganil e Góis.
Entre os apicultores presentes alguns irão também apresentar, além do mel, outros derivados, como é o caso dos licores e aguardente de mel e alguns utensílios.
Para além do mel, estarão ainda presentes no evento artesãos com os seus produtos nomeadamente cestaria e brinquedos em madeira.
Mas o certame não se fica apenas pela venda e exposição de mel. Os visitantes poderão ainda assistir a vários concertos que durante todo o dia animarão o certame.
A Feira do Mel será inaugurada pelas 10 horas e 30, altura em que será realizada a visita ao certame pelas entidades oficiais, seguindo-se uma atuação do grupo “Us Sai de Gatas).
No período da tarde, a partir das 15 horas e 30 os visitantes poderão assistir a uma atuação do grupo Danças e Cantares “Reviver o Passado” da Praia da Vieira de Leiria.
No presente ano, a Feira do Mel é enriquecida pela realização da Feira de Velharias, que se realiza mensalmente na Praça José Falcão, entre as 9 e as 17 horas.
Nesta feira podem encontrar-se raridades, objectos de valor, peças de colecção ou simplesmente peças antigas, pelo simples gosto de possuir o que hoje já não se faz. Por outro lado quem se quiser desfazer de objectos de que já não necessita, pode fazê-lo e ainda ganhar alguma coisa com isso.
Esta iniciativa é promovida pela Associação do Cedro para animais – Casais de S. Clemente em colaboração com a Câmara Municipal de Miranda do Corvo."
Eis o que dizia o site oficial.

A minha visão: Miranda do Corvo foi hoje mais uma vez palco de uma edição da Feira das Velharias, perdão da Feira do Mel, que estava para ter lugar em meados de Setembro.

Muitos dos transeuntes diziam isto:
“- Isto hoje não tem jeito nenhum.”; “- Eles hoje esqueceram-se que parte dos produtores de mel estão para Penela, para a Feira de S. Miguel!”; “- Olha Mário alguns dos vendedores tradicionais de velharias que costumam fazer a Feira de Miranda do Corvo voltaram para trás, em virtude de haver lugares reservados para os produtores de mel, quando é costume os lugares centrais da Praça José Falcão estarem destinados aos vendedores de velharias (foi o caso do Senhor dos Móveis que vem de Lisboa), que pegou na carrinha e voltou para trás, rumando para a capital praguejando contra a organização).
Houve ainda quem achasse bizarro, a animação promovida por uma estranha Fanfarra que fazia a animação “Yo Yo Feira do Mel”, enquanto isso, os populares convergiam para as franjas e para as laterais onde estavam as velharias, deixando os produtores de mel, às moscas, ou melhor entregue às abelhas…
Yo Yo Feira do Mel…

Cada uma tem o seu lugar e espaços próprios, misturar as duas não me parece boa ideia nem boa política.

Por falar em política, as coisas ontem e hoje estavam muito animadas, parece que as autárquicas começaram mais cedo, com disputas taco a taco, entre os candidatos e os eleitores (que os parecem mandar às malvas). 
É tempo do meu povo abrir os olhos, pois isto já lá não vai nem com show off e maquilhagem, nem muito menos com cantigas!
A dimensão que a Feira tomou deverá começar a ser tida em conta, especialmente quando há muitos estrangeiros que já começam a ir aos seus países buscar muita coisa (mercadorias) e ainda quando há vendedores e clientes a virem de Coimbra, Lousã, Figueira da Foz, Leiria, Aveiro, Porto e Lisboa.
Houve quem me dissesse que costuma fazer mais em Miranda do Corvo, do que em Coimbra. Mas era ponto assente, que a Feira hoje não tinha valido a pena. Isto para não falarmos dum carro coberto de cartazes alusivos à 1ª Corrida Tauromáquica de Penela e da Feira de S. Miguel. Há ainda quem esteje apreensivo com a chegada do Inverno, é que o Mercado está para obras e não cabem todos debaixo da tenda…
Que grande barracada!


2 comentários:

Anónimo disse...

Gostei do seu blog. Parabéns.
http://youtu.be/pnwNNOWrbNI

Anónimo disse...

Amigo, o povo está contigo! As abelhas e as velharias também! Segundo vários zuns zuns confirmados pela abelha mestra, a Feira do Mel realizou-se nesta data, dada a senhora presidente estar fora do país na data inicialmente prevista no plano de actividades.... como se arranjaria depois a fotografia para o jornal local???? É com muita pena que vejo os produtores e também quem se dedica às velharias serem tratados de tal forma....é a tal coisa....dois em um!!! Acerca da fanfarra, de nome "ús sai de gatas", parece-me um grupo de rapazes bem humorados que, de forma isenta, desempenharam o papel ao que nos habituaram! Bem animados e bem dispostos!! Um abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...