quinta-feira, março 22, 2012

Histórias do primeiro dia


Histórias do Primeiro Dia é uma comédia musical para a infância, interpretada por dois actores músicos.
Trata-se da 7ª produção da companhia, estreada em Dezembro de 2000.
A peça, da autoria de David Cruz, resulta da adaptação livre de dois contos do poeta inglês Ted Hughes.
Durante o espectáculo, dois actores/músicos revelam como vieram parar ao mundo duas estranhas criaturas: a Baleia e a Tartaruga.
Os contos de Ted Hughes seduziram-nos pela sua singularidade: baleias que nascem na horta de Deus disfarçadas de feijão; tartarugas “sem pele” que correm mais depressa que um relâmpago, são alguns dos enredos fantásticos e simbólicos com que o autor nos brinda nas suas obras para a infância.
A música tocada ao vivo, a manipulação de bonecos, a interacção com o público constituem elementos dinâmicos e lúdicos que conferem ao espectáculo um ritmo extremamente empolgante, com muitas surpresas para o espectador.

Sinopse:
A Introdução deste espectáculo conta-nos como eram as coisas no início do mundo e como surgiram as primeiras criaturas. De seguida, os actores contam e interpretam a História daTaruga, uma “corredora genial” que após várias peripécias ganha uma carapaça e o nome de Tartaruga. Segue-se a História do Feijão-Baleia, um ser meio animal meio vegetal, que aparece no quintal de Deus não se sabe vindo de onde e começa a crescer enormemente. Com a ajuda de quatro crianças, que interpretam o papel de “quatro valentes criaturas”, Deus exila o estranho ser no mar e baptiza-o com o nome de Baleia.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...