sexta-feira, setembro 01, 2006

Você disse Urgente...?


Você disse Urgente...?



Em comunicado, a Administração Regional de Saúde do Centro informou os utentes, que a partir de sábado, os centros de saúde de Miranda do Corvo, Lousã e Penela passariam a funcionar semanalmente das 8h00 às 22h00 e das 10h00 às 18h00 aos fins-de-semana e feriados. “Na mesma data, cessará a actividade do SAP, ficando assegurado pelos médicos de serviço no citado horário, o atendimento das situações clínicas agudas do âmbito do ambulatório”, lê-se no comunicado. Segundo a ARSC, “os casos urgentes ou emergentes terão adequada resposta nos Serviços de Urgência do Hospital da Universidade e do Centro Hospitalar de Coimbra, com boa acessibilidade pela sua proximidade geográfica, aliada à disponibilidade do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (112), bem como dos serviços de transporte de doentes urgentes pelo INEM, Bombeiros e outras entidades competentes”. Os doentes do Centro de Saúde de Penela serão transportados para o Hospital dos Covões.

Há quem diga que não engole sapos, mas nas Autárquicas passadas engoliu sapos bem vivos e gordos, quando a questão poderia ter sido levantada em tempo de eleições, em momento oportuno, poderia ter sido apresentada aos eleitores dos concelhos de Miranda do Corvo e da Lousã. Tardiamente toda a gente acordou para o problema....

Mas como estamos num país de brandos costumes desbaratam-se milhares de euros numas urgências, para as depois encerrar meses mais tarde....


Muitas questões ficam já no ar a pairar:
- Entre as 22 horas e as 08 horas da manhã, será que os Bombeiros Voluntários de Miranda do Corvo, tem capacidade de resposta, quer em termos humanos, quer em termos materiais - ambulâncias, de transporte de vários doentes aos HUC?

- Haverá táxi e transportes a meio da noite para o efeito?

- Estarão as estradas concelhias e nacionais em boas condições, para permitir o acesso a meio da noite, a doentes que inspiram cuidados médicos? E em dias de chuva, como será? Quantos acidentes de viação ocorrerrão? As cabeças iluminadas que não conhecem o concelho e as suas estradas, se calhar não fizeram a conta real da situação.

- Com a implamentação do Código de Manchester nos HUC, quanto tempo vamos esperar para sermos vistos pelos médicos das Urgências daquele Hospital? Horas a fio....



Progresso ou Retrocesso, quando uma das grandes conquistas de Abril de 1974 - O Sistema Nacional de Saúde, vai por água abaixo...

Noutros tempos, a ONU contabilizava o ratio de desenvolvimento humano pelo nº de camas hospitalares ou o nº de médicos por mil habitantes, agora está-nos destinado o fundo da tabela, ao qual já vamos estando habituados.

As pessoas não são números, mas disto se esquecem todos aqueles que nos representam....

Em vez de encerrarem Centros de Saúde, que dizem que não dão lucro, porque não reduzem eles, o número de ministros ou de deputados na Assembleia da República, passando de 230 para 100? Será que não chegavam?

Muitos milhões de euros poupariam por certo ao país sem sacrificar as populações locais.

Ou será que um belo dia, quando acordarmos, o Centro de Saúde é privatizado, com consultas, centro cirurgico, especilidades médicas variadas, internamentos e cuidados ambulatórios, tudo em nome do lucro fácil.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...