segunda-feira, janeiro 04, 2010

Açude do Panão, quem te viu e quem te vê


A água que caiu nos últimos dias engrossou o caudal do Rio Dueça.

A manter-se a chuva persistente, o leito do rio ameaça transbordar. No entanto as chuvas de inverno são essênciais para a limpeza dos rios e a fertilização dos terrenos circundantes.




Junto ao Açude do Panão em Miranda do Corvo, a água castanha ruge assustadoramente precipitando-se, ameaçando galgar a margem.

Outrora aqui funcionava uma praia fluvial da qual resta uma ainda uma escada, sinais doutros tempos… em que muita gente dos concelhos vizinhos vinha para aqui nadar no Verão, antigamente não existiam as piscinas que há hoje.


Por perto fica a ponte centenária e a Discoteca A Kaskata, que se encontra desactivada à muito e que já funcionou noutros tempos como Miranda à Noite.

Mais acima surgem agora as obras do novel Centro Educativo de Miranda do Corvo, havendo quem questione pela segurança, em virtude deste se encontrar junto ao rio.



Açude do Panão, Miranda do Corvo, na Primavera



No verão, o rio chega a secar, ficando o açude sem água.



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...