sábado, setembro 13, 2008

Acontece nas Aldeias do Xisto

Santo António da Neve, antigo neveiro real

Eventos

13.09.2008 a 13.09.2008

Desfolhada do Milho da Gaspalha

Realiza-se no próximo dia 13 de Setembro (Sábado) a tradicional "Desfolhada de Milho" da Gaspalha (Oleiros).

A iniciativa é promovida pela Comissão de Melhoramentos da Gaspalha, que de uma forma bastante enriquecedora recria este ritual agrícola de tempos idos.

A comunidade reúne-se anualmente no dia marcado e envergando trajes regionais (como manda a tradição) e ao som de cantares tradicionais, levam a cabo esta manifestação cultural.



  • Comissão de Melhoramentos da Gaspalha

  • 272 674 217

13.09.2008 a 22.11.2008

Fotoxisto documenta quotidiano em Aldeias do Xisto

Os próprios habitantes das Aldeias do Xisto são os autores das fotografias que documentam o seu quotidiano diário.

Numa iniciativa que se repete pelo segundo ano consecutivo, entre 13 de Setembro e 22 de Novembro, os habitantes de 14 aldeias que incluem a Rede das Aldeias do Xisto podem recolher imagens do seu quotidiano.

Este projecto nasceu no passado ano, com o objectivo de documentar a vida quotidiana de 10 aldeias abrangidas pela Rede das Aldeias do Xisto. Este ano a iniciativa foi alargada às seguintes 14 aldeias da Rede das Aldeias do Xisto:
- 13 Setembro a 27 Setembro: Ferraria de S. João, Casal de S. Simão, Pedrógão Pequeno;
- 27 Set. a 11 Out.: Pena, Comareira, Candal, Chiqueiro, Casal Novo;
- 11 Out. a 25 Out.: Água Formosa, Álvaro;
- 25 Out.a 8 Nov.: Janeiro de Baixo, Barroca;
- 8 Nov. a 22 Nov.: Sarzedas, Figueira;


Com esta iniciativa pretende-se contribuir para a preservação da memória das Aldeias do Xisto e para a afirmação da sua identidade, envolvendo a população residente e mostrando a todo o país como as aldeias se vêem a si próprias. Para tal, serão distribuídas máquinas fotográficas digitais aos habitantes destes locais, que podem assim captar imagens que mostrem a sua perspectiva da aldeia onde residem e todos os aspectos que considerem mais relevantes, desde paisagens a objectos, a retratos ou afazeres.

No fim da iniciativa, todas as fotografias serão recolhidas e organizadas. Será então feita uma selecção das que melhor representem o que foi proposto, a fim de serem expostas numa exposição itinerante.



06.09.2008 a 13.09.2008

Pedestre - Tejo e Aldeias Históricas

Descubra uma das Regiões mais bonitas de Portugal. Aqui vai poder explorar a pé, usando antigos trilhos, as Aldeias Históricas de Portugal, com os seus belos casarios e castelos em pedra granítica secular. Nas Aldeias do Xisto, nas imediações do rio Zêzere, sentiremos a forte influência de um outro tipo de paisagem e suas gentes. Completando o programa, nada como caminhar no Parque Internacional do Tejo Internacional com os seus miradouros deslumbrantes e uma enorme variedade de fauna e flora.



13.09.2008 a 14.09.2008

Química no Banho - Produção de Sais de banho

O cloreto de sódio, conhecido como sal de cozinha, é formado por um átomo de cloro e um átomo de sódio (NaCl). Para além do comum uso na culinária, também pode ser utilizado na produção de sais de banho. O Centro de Ciência Viva da Floresta, em Proença-a-Nova vai mostrar como se fazem.



14.09.2008 a 14.09.2008

BTT - Nas Curvas do Zêzere

Uma viagem por trilhos torcidos que acompanham o rio numa relação mais que perfeita. Dificuldade média com paisagens de sonho!

Passeio em BTT que permite observação de fauna e flora e das próprias características do relevo do Rio Zêzere . É uma actividade com grande ligação entre o homem e a natureza, enriquecida pela presença dos cada vez mais escassos muros beira-rio, tão importantes para as práticas agrícolas locais.

O local de encontro é em Dornelas do Zêzere (Pampilhosa da Serra), às 10:30h



14.09.2008 a 14.09.2008

Caminhada nas Quelhas da Neve - Castanheira de Pera

Caminhada que se desenvolve ao longo de impetuosas e selvagens ribeiras de montanha, onde se cruzam granitos e xistos que acidentaram a paisagem transformando-a num fraguedo quase inacessível, adornada de azinheiras e azevinhos que se penduram das rochas, ao abrigo das águas apressadas que formam impressionantes quedas de água na sua descida da Serra da Lousã.

Este passeio inclui a ascensão e visita ao St. António da Neve (1193m), onde ainda se encontram os antigos neveiros reais. Os Carvalhos-alvarinhos e os Castanheiros também se destacam nesta região pela dimensão de alguns dos seus exemplares e pelos bosquetes que remanesceram de outros tempos.

Com cerca de 10 Km e traçado circular, este percurso apresenta declives muito acentuados numa parte do trajecto. O grau de dificuldade varia, portanto, de baixo a elevado.




Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...