quinta-feira, maio 31, 2007

Na Agenda da Lousã, Mês de Junho de 2007

Cultura - Junho de 2007

Até 1 de Junho

Exposição de Escultura em Madeira “NÓS – COM – SEM”

Local : Sala de Exposições Temporárias do Museu Etnográfico, Dr. Louzã Henriques
Org.: Kerstin Thomas
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

Até 3 de Junho

1.º Encontro de Escultura em Madeira da Lousã (ateliers abertos ao público, workshops)

Local : Cerdeira – Aldeia do Xisto da Serra da Lousã
Org.: Kerstin Thomas
Apoio: Câmara Municipal da Lousã e Rede das Aldeias do Xisto

1 a 15 de Junho

Exposição “Educação para o desenvolvimento”

Local : Museu Etnográfico, Dr. Louzã Henriques
Org.: Associação ACTIVAR
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

2 a 30 de Junho

“Vidas tecidas à mão”

Exposição de bonecos de pano de Gracinda de Jesus

Local : Sala de Exposições Temporárias do Museu Etnográfico, Dr. Louzã Henriques
Org.: Câmara Municipal da Lousã

18 a 29 de Junho

Exp. de Trabalhos de AVT, da Escola Básica de 2.º e 3.º Ciclos da Lousã

Local : Museu Etnográfico, Dr. Louzã Henriques
Org.: Câmara Municipal da Lousã e E. B. 2, 3 da Lousã

1 a 20 de Junho

Exposição de Trabalhos em Desenho alusivos ao Dia Mundial da Criança

Local : Átrio da Biblioteca Municipal da Lousã
Org.: Câmara Municipal da Lousã

24 de Junho a 27 de Julho

Comemoração dos 100 Anos da Inauguração da Linha do Caminho de Ferro Coimbra – Lousã Exposição Integrada nas Festividades do S. João 2007

Exposição de Fotografia “O Quotidiano da Linha da Lousã”, de autoria de Dário Silva

Local : Átrio da Biblioteca Municipal da Lousã
Org.: Câmara Municipal da Lousã

23 de Junho, 16 horas

Apresentação e discussão do livro “Memórias, Um Combate pela Liberdade” - Actividade integrada nas Festividades do S. João 2007

Presença do Autor, Edmundo Pedro e Apresentação de Carlos Carranca e João Lima

Local : Biblioteca Municipal da Lousã
Org.: Arte-Via – Comunidade de Leitores da Lousã
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

1, 8, 15 e 22 e 29 a partir das 15h 45m (Sala Infanto – Juvenil)

Actividades na Biblioteca Municipal - Junho

Hora do Conto – Leitura dramatizada, atelier de pintura e actividades
“Olho Vivo, Pé Ligeiro e mais Amigos” e “A raposa das botas altas”, in Histórias Tradicionais Portuguesas Contadas de Novo, “Rosalinda foi à feira”, de Matilde Rosa Araújo, “A flor Rosalina”, de Anabela Batista e “Coisas de Mãe”, de Sílvia Alves

Desporto - Junho de 2007

2 de Junho, 10h00 às 18h30

Futebol 7 – Torneio Futmania 2007

Local: Estádio Dr. José Pinto de Aguiar
Org.: Clube Desportivo Lousanense – FutMania - Escola de Futebol
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

3 de Junho, 9h às 12h

Convívio de Pesca dos Bombeiros Municipais da Lousã

Local: Barragem do Cabril
Inscrições: Bombeiros Municipais da Lousã e/ou no local
Organização: Bombeiros Municipais da Lousã
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

3 de Junho, 9h às 13h

Encerramento das actividades de Mini-Basket

Local: Pavilhão Municipal nº1, nº2 e Av. S. Silvestre
Organização: Assoc. de Basquetebol de Coimbra | Clube Desportivo Lousanense – Secção de Basquetebol
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

3 de Junho, 08h00m às 13h00m

Projecto Caminhadas – Rota dos Moinhos

Inscrições gratuitas até ao dia 30 de Maio (quarta-feira) no Sector de Desporto e Tempos Livres da C.M.L.

Local de concentração: Parque Municipal de Exposições
Organização: Câmara Municipal da Lousã | Montanha Clube

5 de Junho, 21h

Caminhada Urbana - Dia Mundial do Ambiente

Local de concentração: Edifício dos Paços do Concelho
Organização: Câmara Municipal da Lousã

10 de Junho

29º Grande Prémio de Ciclismo da ABIMOTA

Local: Rua de Coimbra (Junto ao LIDL), pelas 10h
Organização: ABIMOTA
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

Dias 15, 16 e 17 de Junho

Clube Desportivo Lousanense - Festa de Encerramento de Época 2006/2007

Dia 15 de Junho
Jogo Futebol Sénior
Espectáculo Musical com 4 Bandas

Dia 16 de Junho
Demonstração e apresentação das secções de:
Karaté – BasKet
Basebol – Andebol
Torneio de Futebol Veteranos
Futebol Juvenil e Júnior
Espectáculo musical com 4 Bandas

Dia 17 de Junho
Demonstração e apresentação das secções:
Cicloturismo – Natação
Futmania e Iniciados
Tarde de Folclore e Cantares Populares
Pelas 19 h realização do Sorteio

16 de Junho, 20h

Caminheiros – Descida Nocturna do Trevim à Lousã

Local: Serra da Lousã (Trevim até à Lousã)
Concentração: Edifício dos Paços do Concelho, às 18h
Organização: Montanha Clube – Secção de Caminheiros
Apoio: Câmara Municipal da Lousã | Corpo de Bombeiros Municipais da Lousã

20 de Junho, 21h

Caminhada Urbana (Passeio Pedestre)

Local de concentração: Edifício dos Paços do Concelho.
Organização: Câmara Municipal da Lousã.

21 de Junho, 21h30

Sarau de Ginástica, Música e Dança

Local: Pavilhão Municipal n.º2 (Anexo à Escola EB 2/3 da Lousã)
Organização: Escola EB 2/3 da Lousã.
Apoio: Câmara Municipal da Lousã

26 de Junho a 20 de Julho

Férias Desportivas – Verão - 2007

Local: Pavilhão nº2, Campo de Ténis, Campo de futebol de 7, Piscina Municipal, Burgo, Piscina Parque Carlos Reis e Praia da Figueira da Foz.
Organização: Câmara Municipal da Lousã.

1 de Julho, 10h às 13h

Festival de Encerramento da Escola Municipal de Natação

Destinatários: Utentes da Piscina Municipal da Lousã
Local: Piscina Municipal da Lousã
Org.: Câmara Municipal da Lousã
Inscrições até ao dia 27 de Junho: Secretaria-geral, Espaço Internet, Sector de Desporto e Piscina Municipal da Câmara Municipal da Lousã.

Feiras e Festas - Junho de 2007

21 a 24 de Junho

Feira de São João 2007

24 de Junho, 10h00m às 17h00m

Mercadilho

Feira de Produtos Biológicos, Naturais e Artesanato.
(Último Domingo de cada mês)

Local: Mercado de Foz de Arouce, na Sr.ª da Pégada

quarta-feira, maio 30, 2007

Anda Gato Escondido com Rabo de Fora


A manipulação da informação é uma constante nos quatro canais televisivos e nos jornais nacionais. O governo socialista usa-os a seu bel prazer, manipula números e falseia resultados.
O grande líder tem um rumo traçado, as directrizes de Bruxelas. Este governo não governa para as pessoas, mas sim em nome dos grandes interesses económicos, das multinacionais, da banca e das seguradoras, que se lixe o mexilhão.
Segundo o governo, o país não parou, está a funcionar regularmente, só 12,8 % dos funcionários públicos fizeram greve e esta teve um impacto reduzido na sociedade portuguesa.
Mas terá sido isso que se passou afinal?
Metro parado, barcos ancorados, Hospitais, Escolas, Tribunais, Repartições Públicas encerrados e grandes empresas de porta fechada...
Quem estará a falar a verdade?
Houve trabalhadores ameaçados a altas horas da noite.
«Atenção que os serviços mínimos foram definidos e tem que ser garantidos, atenção aos despedimentos, aos processos disciplinares... O Senhor Dr. não se importa de dizer-me quem foram os funcionários que fizeram greve? O nome deles, se faz favor... Voltarei a ligar-lhe às 12:00 e às 16:00 horas, está bem?»
Acordem-me e belisquem-me e digam-me que eu não estou a meio de um pesadelo salazarista ou estarei a ficar anestesiado com o choque tecnológico?
«Uma greve parcial, limitada e parcelar...»
Segundo palavras do Ministro das Finanças.
Texto de Mário Nunes

Inauguração das Novas Instalações da Escola José Falcão


31 de Maio de 2007 (11H30) - Inauguração das novas instalações da Escola José Falcão, em Miranda do Corvo.

Pena, o Gimnodesportivo Municipal não estar integrado na nova escola. Uma estrada separa-o desta.

Texto e Fotos: Mário Nunes

Encontro com a Escritora Maria Isabel de Mendonça Soares


O Castelo Verde

No próximo dia 31 de Maio, entre 11h00 e as 14h00, no Cinema de Miranda do Corvo, vai desenrolar-se um encontro com a escritora Maria Isabel de Mendonça Soares.

Esta iniciativa insere-se nas actividades da Rede Concelhia de Bibliotecas Escolares que tem permitido trazer, todos os anos, junto dos alunos do 1º CEB de Miranda do Corvo um escritor.

No presente ano a escolha recaiu sobre esta escritora Maria Isabel de Mendonça Soares cujos livros foram objecto de estudo e análise pelos alunos envolvidos no projecto.

Durante o encontro os alunos irão conversar com a escritora e conhecer melhor o seu percurso enquanto autora de literatura infanto-juvenil e tradutora. Haverá igualmente oportunidade para os alunos apresentarem os trabalhos que foram elaborando ao longo do ano sobre a autora e as suas várias obras. No final haverá ainda uma sessão de autógrafos.

Quem é Maria Isabel de Mendonça Soares?

Natural de Lisboa e licenciada em Filologia Românica, Maria Isabel Mendonça Soares é autora e tradutora de histórias e peças de teatro para crianças. Tem colaborado em vários programas radiofónicos e televisivos e contribuído para revistas de carácter pedagógico. Leccionou as disciplinas de Cultura Portuguesa e Literatura para a Infância na Escola Superior de Educadores Maria Ulrich.

XVII EXPO MIRANDA


A Câmara Municipal, em conjunto com a Comissão Organizadora composta por representantes da autarquia e empresários do concelho, realizam a XVII Expo-Miranda, entre os dias 30 de Maio e 3 de Junho, na Praça da Liberdade e no interior do Mercado Municipal.

Este certame reflecte toda a actividade económica, industrial, agrícola, cultural e artesanal, bem como o dinamismo das instituições de solidariedade social, das colectividades desportivas, recreativas, culturais e humanitárias e das escolas José Falcão e Ferrer Correia.

A sua realização é importante quer pelos momentos de convívio que proporciona quer pela dinamização comercial das actividades económicas. O artesanato local marca presença na feira, desde a olaria à tecelagem e cerâmica (pintura de azulejos).

Este ano estarão presentes na Expo, entre 125 e 130 expositores. O crescimento não tem sido maior, dadas as limitações do espaço disponível.

Integrado na Expo-Miranda, será comemorado o Dia Mundial da Criança no dia 1 de Junho, por sinal feriado municipal do concelho, com a realização de actividades desportivas, culturais e recreativas.

Ao caminhar pela feira terá oportunidade de contactar com espaços vocacionados para uma multiplicidade de áreas desde os sectores mais tradicionais, às novas tecnologias sem esquecer as preocupações ambientais bem patentes em stands como o da AREAC - Agência Regional de Energia e Ambiente do Centro.

Integradas no certame realizam-se também uma exposição de pintura e outra de fotografia. Durante o certame poderá também visitar os stands da feira do livro.

No interior do mercado municipal estarão patentes duas exposições: Uma exposição de artes plásticas que conta com a participação de vários nomes consagrados da pintura e escultura e uma exposição de fotografia.

No caso da exposição de fotografia, esta é a primeira de um grupo de pessoas que recentemente fundou um clube. Trata-se da exposição de apresentação deste clube que escolheu a Expo Miranda para apresentar os seus trabalhos.

A Expo-Miranda serve igualmente para promover e divulgar a gastronomia de Miranda do Corvo através de uma zona de “tasquinhas”, exploradas pelas colectividades do concelho. Algumas destas “tasquinhas” oferecerão aos visitantes a possibilidade de provar a famosa chanfana, os negalhos, a sopa de casamento e o sarrabulho, entre muitos outros petiscos.

Miranda berço da chanfana é terra de boa cozinha tradicional. A presença de muitas colectividades com “tasquinhas” nesta edição da Expo, é a demonstração das potencialidades do Concelho. Estas “tasquinhas” dinamizadas pelas associações demonstram quão generosas são as pessoas do concelho disponíveis sempre para, sem esperar qualquer retribuição, dar o seu trabalho voluntário para que as suas colectividades possam ser mais prósperas, dinâmicas, capazes de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das suas terras.

A aposta no artesanato local é também muito grande este ano. Haverá participação de artesãos de olaria, latoaria e tecelagem numa clara aposta na defesa e divulgação destas actividades. Espera-se a presença de vários artesãos a trabalhar ao vivo durante a feira.

domingo, maio 27, 2007

Primavera em Miranda do Corvo

Miranda do Corvo situa-se junto à confluência dos rios Alheda e Dueça, rodeada de serranias cobertas de verde.

Zona Histórica de Miranda do Corvo

A importância estratégica da vila foi em tempos marcada pela existência de um castelo medieval, do qual resta hoje a Torre Sineira, no Monte do Calvário. No ano de 1116, foi tomada pelos sarracenos e recuperada duas décadas depois, tendo os habitantes de Miranda recebido foral de D. Afonso Henriques, em 1136, posteriormente confirmado por D. Afonso II.

Rio Alheda


Glória

Depois do Inverno, morte figurada,

A primavera, uma assunção de flores.

A vida

Renascida

E celebrada

Num festival de pétalas e cores.

Miguel Torga


Câmara Municipal de Miranda do Corvo

Praça José Falcão, Jardim Público, Miranda do Corvo

Anunciação

Surdo murmúrio do rio,

a deslizar, pausado, na planura.

Mensageiro moroso

dum recado comprido,

di-lo sem pressa ao alarmado ouvido

dos salgueirais:

a neve derreteu

nos píncaros da serra;

o gado berra

dentro dos currais,

a lembrar aos zagais

o fim do cativeiro;

anda no ar um perfumado cheiro

a terra revolvida;

o vento emudeceu;

o sol desceu;

a primavera vai chegar, florida.

Miguel Torga


Aclamada como capital da chanfana, grande parte dos restaurantes da vila serve este prato confeccionado à base de cabra velha e vinho tinto, considerado obrigatório durante as festas religiosas de S. Sebastião, todos os meses de Janeiro. Nessa altura poderá, igualmente, adquirir peças de olaria em barro vermelho, tapeçarias de Almalaguês, ou as rendas engomadas típicas da região.


Antiga Fábrica de Tapetes dos Irmãos Baeta


Fotos de Mário Nunes

Expo 2007


Miranda do Corvo, 30 de Maio a 3 de Junho de 2007
Feira de Comércio, Indústria, Serviços, Artesanato, Livros, Arte e Animação...

Louçainha Recebeu Bandeira Azul


A Praia Fluvial da Louçainha vai hastear este ano pela primeira vez a Bandeira Azul. Este galardão é atribuído anualmente pela Associação Bandeira Azul de Portugal às praias e aos portos de recreio que cumpram um conjunto de critérios de natureza ambiental, de segurança e conforto dos utentes e de informação e sensibilização ambiental.

A qualidade da água, os bons acessos e os serviços prestados pelas infra-estruturas de apoio, a sensibilização ambiental, a limpeza das áreas envolventes são algumas das características valorizadas pela entidade que concedeu o galardão de qualidade à Praia Fluvial da Louçainha, situada na Freguesia do Espinhal. O investimento que a autarquia Penelense tem levado a cabo nesta zona do Concelho foi valorizado com a atribuição do expoente máximo da qualidade.

Escravos, Legionários e Gladiadores Invadiram o Rabaçal


No dia 19 de Maio, o Rabaçal regressou ao passado com o Desfile Romano. Dezenas de escravos, legionários e gladiadores percorrerem as ruas do centro do Rabaçal para encarnar um espírito verdadeiramente Romano, oferecendo às centenas de pessoas presentes, um vasto programa de animação inserido na Exposicó 2007.
Numa reconstituição histórica, proporcionada pela companhia de teatro Vivarte, que permitiu um conhecimento mais aprofundado sobre a época vivida na era do imperador romano César Augusto, reviveram-se lutas com os gladiadores e dançou-se ao som de muita música e alegria.

sábado, maio 26, 2007

Massa Crítica em Acção em Coimbra



Abaixo o Automóvel em Coimbra, lugar às bicicletas e a outros transportes não poluentes!
Defendem os activistas da Massa Crítica de Coimbra.

terça-feira, maio 22, 2007

Madeleine Beth McCann, The Lost Innocence - A Inocência Perdida

A inocência perdida, foto Big Mac


Já lá vão 20 dias...

Da Madeleine McCann, nem sinal de vida...

Pistas inconclusivas, vários suspeitos e nada!

As várias polícias tem feito os possíveis e impossíveis e tudo foi virado do avesso, em vão!

Está visto, que o trabalho terá sido organizado por profissionais, que não deixaram rastro, quiçá por uma rede organizada de cariz internacional.


Already 20 days go there...

Of the Madeleine McCann, nor signal of life...

Inconclusive tracks, some suspected and nothing! The some policies have made the possible ones and impossible and everything was turned averse!

It is seen, that the work will have been organized for professionals, who had not left track, perhaps for an organized mafia of international profile.



Maddie McCann, uma menina de 4 anos de idade foi notícia, por esse mundo fora, abriu telejornais e foi prematuramente capa de revistas, pelos piores motivos...

Maddie terá sido vista segundo uma turista norueguesa em Marrocos numa bomba de gasolina, horas depois do rapto...

A semana passada era vista em Creta, uma ilha grega do Mediterrâneo...

Há quem esteja farto desta notícia e há quem diga que foi dado demasiado tempo de antena ao caso e que isso aconteceu devido à menina ser de nacionalidade britânica e os pais serem de outra classe social.

Há quem diga ainda que ninguém se preocupa com as crianças que morrem no Darfur, no Sudão, na Palestina e no Iraque...


Maddie McCann, a girl of 4 years of age was notice, for this world is, opened news and was prematurely layer of magazines, for the worse reasons...

Maddie will have been seen according to a Norwegian tourist in Morocco in a gasoline bomb, hours after the abduction...

Last week she was seen in Crete, an island Greek of the Mediterranean... It has who he is satiated of this notice and it has who says that too much time of antenna was given to the case and that this happened due to girl to be of British nationality and the parents to be of another social classroom. It has who still says that nobody is worried about the children who die in the Darfur, Sudan, Palestine and Iraq...




Há quem contraponha, que a polícia portuguesa não empenhou os mesmos meios, nem deu a mesma atenção, quando o Rui Pedro desapareceu há cerca de nove anos.

Todos estes argumentos são válidos...

Mas, devemos todos parar para pensar um pouco. Caramba, a menina desaparecida tem 4 anos!



It has who it opposes, that the Portuguese policy did not pledge the same ways, nor gave the same attention, when Rui Pedro disappeared has about nine years. All these arguments are valid...

But, we must all stop to think a little.

Missing girl has 4 years!

Foi separada da sua família.

Esta e outras histórias de crianças que desapareceram e que não voltaram a aparecer merecem ser contadas até à exaustão, para que não caiam no esquecimento, porque os pedófilos ou as máfias organizadas que traficam pessoas para os seus mais sinistros fins (adopção, escravidão, prostituição, tráfico de órgãos, pedofilia e pornografia) merecem ser perseguidas e severamente punidas.

Claro que a imprensa fez um aproveitamento da história até mais não.


She was separate of its family. This and other histories of children who had disappeared and that they had not come back to appear deserve to be counted until the a exhaustion, so that they do not forget Maddie, because the paedophiles or the organized mafias that people for its more left-hand side ends traffic (adoption, slavery, prostitution, traffic of human beens, paedophilia and pornography) deserve to be pursued and severely punished. Clearly that the press made an exploitation of history until more not. But what we would make if she was the son, the granddaughter or the niece of one of us? We would be to this hour to beat with the head in the wall...



Mas o que faríamos se fosse a filha, a neta ou a sobrinha de um de nós?

Estaríamos a esta hora a bater com a cabeça na parede...



Texto de Mário Nunes





Gostei ainda do post

http://bigmacportugal.blogspot.com/2007/05/

porque-no-vemos-noticias-das-mortes-e.html,

no blog

http://bigmacportugal.blogspot.com

Verdadeiramente excepcional...

E o blog

http://andrefdferreira.blog.simplesnet.pt





Pessoas desaparecidas:

http://www.policiajudiciaria.pt/htm/pessoas.htm





Nome: Madeleine Beth Mccann

Filiação: Gerald Patrick Mccann e Kate Marie Healy

Nacionalidade: Reino Unido

Naturalidade: Leicester

Data de nascimento: 12/05/2003

Passaporte: 453847661 – Reino Unido

Data de emissão: 04/08/2003

Data de validade: 04/08/2008

Descrição Física:

Sexo: Feminino

Altura: 90 cm

Cabelo: castanho claro/louro, liso, pelos ombros

Olhos: olho esquerdo azul e verde, olho direito verde com mancha castanha na iris.

Sinais particulares: Pequeno sinal na pele, de cor castanha, no gémeo da perna esquerda.



Departamento de Investigação Criminal de Portimão da Polícia Judiciária

Rua Pé da Cruz, 2, 8500-640 Portimão
Telefone: 282 405 400
Piquete: 282 427 671
Fax: 282 412 763
E-mail: dic.portimao@pj.pt

ou

para qualquer serviço de piquete da Polícia Judiciária.



E o Rui Pedro?

Se estiver vivo nesta altura terá 20 anos!



Nome: Rui Pedro Teixeira Mendonça

Data de nascimento: 28/01/1987

Natural de: Paredes

Nacionalidade: Portuguesa

Filho de: Manuel José Pinto Mendonça e Filomena Maria da Silva Moreira Teixeira

Data do desaparecimento: 04/03/1998

Descrição física (na data do desaparecimento):

Altura: 1,50 m
Cabelo: Castanho
Peso: 45 kg
Olhos: Castanhos
Dentes: Frontais grandes

Sinais particulares: Orelhas salientes e abertas

Qualquer informação deve ser comunicada preferencialmente para o seguinte endereço:

Directoria do Porto

Rua Assis Vaz, nº 113, 4200 Porto
Telefone : 225 070 800
Piquete: 225 088 644
Fax: 225 023 642
E-mail:directoria.porto@pj.pt
ou
para qualquer serviço de piquete da Polícia Judiciária



Ver ainda:
http://www.findmadeleine.com

Zona Histórica de Miranda do Corvo - Que Futuro?


Informação prevista na alínea e) do nº 1 do artigo 53º e do nº

No dia 18 de Maio realizou-se no auditório da Câmara Municipal de Miranda do Corvo uma Convenção subordinada ao tema “Zona Histórica de Miranda que Futuro?”.

Com este debate a Câmara Municipal pretendeu auscultar a opinião pública e recolher sugestões para a revitalização do núcleo histórico da vila.

Perante uma ampla e interessada assistência foi apresentado o trabalho “Plano de gestão e dinamização do centro histórico de Miranda do Corvo – pontos de partida para a criação de mecanismos de revitalização/gestão de um centro histórico adormecido”, desenvolvido pela arquitecta Teresa Pereira na sua pós graduação.

Seguiu-se um breve resumo da legislação do Novo Regime de Arrendamento Urbano e dos programas de apoio à recuperação de edifícios efectuado pela Dra. Marilene Rodrigues e uma síntese do trabalho realizado pelo GTL Miranda do Corvo na área em questão.

Foram assim expostos projectos futuros, expectativas e lançados desafios a todos os presentes. A consciência da importância e interesse do núcleo histórico e dos seus problemas conduziu a um interessante debate, conduzido pela Sra. Presidente, Dra. Fátima Ramos, onde foram esclarecidas dúvidas e equacionadas hipóteses de intervenção e de dinamização.

O Centro Histórico de Miranda do Corvo ainda pulsa e possui vigor suficiente para enfrentar desafios futuros.

segunda-feira, maio 21, 2007

À Descoberta da Serra da Lousã, entre Miranda do Corvo e o Gondramaz

As Aldeia do Xisto Desafiam a Conhecer

a Flora na Serra da Lousã - Gondramaz


No dia 19 de Maio realizou-se um workshop sobre a Flora da Serra da Lousã, no auditório da Câmara Municipal de Miranda do Corvo e na aldeia do Gondramaz.

O workshop foi orientado pelo professor Dr. Paulo Silveira, Dr. João Ezequiel e Dra. Ana Lourenço. Durante o workshop foram mostrados exemplos de espécies presentes na Serra da Lousã e discutido o impacto do Homem e suas acções sobre o meio. Com uma plateia bastante animada criou-se um debate e todos colocaram questões, deram exemplos e propuseram soluções.

Seguiu‑se uma visita ao pólo da Exposição FotoXisto patente na Biblioteca Municipal, para observação das fotografias ilustrativas da visão dos habitantes sobre as suas aldeias.

Transportados até ao Gondramaz iniciou‑se o percurso até ao Parque de Merendas, com frequentes paragens para análise da flora local e explicações. Após o almoço regressou‑se à aldeia, onde cerca de 13 pessoas se juntaram ao grupo inicial. Visitado o pólo da Exposição FotoXisto presente na aldeia continuou‑se o passeio, observando com entusiasmo a abundante flora e a paisagem envolvente. Uma breve paragem na refrescante e encantadora cascata retemperou forças e animou os participantes para a subida até ao Penedo dos Corvos.

Penedo dos Corvos, do alto do Penedo, uma visão espectacular, do topo da montanha para o vale


Uma fantástica paisagem aguardava os caminhantes, recompensando o esforço da subida. Sob o Penedo parece descansar um vale encantado, de frondosas árvores que parecem proteger um importante legado.

Satisfeitos os sentidos regressou‑se à aldeia entre animadas conversas e troca de ideias, onde o transporte aguardava para o regresso à vila.

Este workshop inclui‑se num ciclo dedicado à flora e fauna da Serra da Lousã organizado pela Câmara Municipal de Miranda do Corvo, com a colaboração do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro e DownStream – Desporto de Aventura, no âmbito do Plano de Animação das Aldeias do Xisto dinamizado pela Pinus Verde.

Iniciativa pelo Pedal

Iniciativa pelo Pedal* * Bicicletada

Todas as últimas sextas de cada mês pelas 18h

Junte-se a nós neste passeio reivindicativo, divertido e saudável pelas ruas de

COIMBRA *PORTUGAL*PLANETA TERRA

Próxima «Massa Crítica», 25 de Maio de 2007, 18h 00m

Portagem (junto à estátua do Mata Frades)


Massa Crítica é um evento que ocorre tradicionalmente na última sexta-feira do mês em muitas cidades pelo mundo, onde ciclistas, skatistas, patinadores e outras pessoas com veículos movidos à propulsão humana, ocupam seu espaço nas ruas. A Massa Crítica é simplesmente um grupo, e como tal não tem outro objectivo além de se encontrar mensalmente para aproveitar o prazer e segurança de andar pela cidade divulgando e promovendo o uso da bicicleta no mesmo. A frase \"Nós não estamos a bloquear o tráfego; nós somos o tráfego!\" expressa bem a filosofia deste movimento.


«Nos últimos vinte anos a taxa de motorização em Portugal disparou ao ritmo alucinante e continuado de 6% ao ano. A este aumento correspondeu a explosão da mobilidade. Se tivermos um padrão próximo da média europeia, as viagens com menos de 8 quilómetros poderão constituir cerca de 70% do total das viagens realizadas

Sabemos também que o sector dos transportes é a segunda maior fonte de Gases de Efeitos de Estufa (GEE) em Portugal, sendo 80% das emissões do sector imputáveis ao modo rodoviário. Se nada se fizer para contrariar a tendência actual, Portugal ultrapassará a meta definida pelo Protocolo de Quioto em mais de 15% no ano 2010.

(…) No entanto, encorajar hoje a bicicleta, é obrigatoriamente falar do território em que ela se deve movimentar: requalificado, ordenado, calmo, acessível aos peões e também aos ciclistas. É necessariamente conceber ou redesenhar ruas como espaços onde convivemos e não simplesmente como corredores para circular. Tal implica vontade, meios financeiros, tenacidade e sobretudo um projecto de território, para que se possa conter e ordenar a urbanização difusa e de baixa-densidade, reabilitar os centros históricos, restaurar os espaços públicos, restabelecer corredores correntemente retalhados por auto-estradas, viadutos, avenidas de tráfego intenso, estacionamento desordenado. Sob pena de fracassarem, politicas de incentivo à utilização da bicicleta não podem surgir isoladamente, nem basear-se no traçado de uma rede municipal de ciclovias. Devem sim fazer parte de um pacote integrado de medidas que promovam o ordenamento do território, a requalificação urbana e a mobilidade sustentável.»

Excerto de texto da autoria de Mário J. Alves

Texto na íntegra em:

http://mail.google.com/mail/?

realattid=f_f1zeydmr&attid=0.3&disp=vah&view=att&th=112b071d89b08065

domingo, maio 20, 2007

Edifícios Medievais Demolidos em Coimbra



O núcleo medieval da cidade de Coimbra está a ser demolido, para que se construa um metro de superfície.

Este núcleo é um dos mais importantes núcleos urbanos medievais do país e está a ser demolido, em nome do progresso. Mais de 21 edifícios medievais foram já demolidos.

Arqueólogos, historiadores, arquitectos e engenheiros assinaram uma petição contra a destruição do património histórico da cidade, que foi entregue ao executivo conimbricense.

A polémica é grande em Coimbra e já chegou aos ouvidos do antigo IPPAR (actual IGESPAM) e à UNESCO.

Entretanto a UNESCO quer que se respeitem as convenções internacionais que defendem a reabilitação do património.

No plano de demolições da Metro Mondego estão ainda mais edifícios.

É tempo de dizer não ao futuro, que pretende pôr em causa o passado!

Fontes: Vários jornais, entre eles, o Diário de Coimbra, As Beiras, o Público e o Expresso, do passado dia 12.05.2007

Concurso de Bandas em Penela


O Concurso de Bandas, a realizar no idílico cenário do Castelo de Penela, está inserido no Fim-de-Semana da Juventude 2007.
Com este concurso, o Município de Penela pretende incentivar a produção musical através da promoção e divulgação de novos projectos nacionais, associando-os a um monumento com oito séculos de História - o Castelo de Penela.
As inscrições já estão abertas e terminam no dia 1 de Junho!

À melhor banda será atribuída o prémio “Diário de Coimbra” composto por:
- 1 Fim-de-semana no Algarve para os elementos que integram a Banda;
- Publicação de um anúncio publicitário da Banda no Diário de Coimbra durante um ano à razão de ½ página por mês ou 1 página de 2 em 2 meses;
- Publicação de uma entrevista com a Banda no Diário de Coimbra.

Mais informações em:

http://www.cm-penela.pt/noticias.php?idnoticia=96#

quinta-feira, maio 17, 2007

War Games - Jogos de Guerra


Tornado F3

A Real Força Aérea britânica (RAF) revelou ter interceptado dois aviões militares russos que observavam exercícios da Marinha Real, comparando este incidente a uma reminiscência da Guerra Fria.

Um porta-voz da RAF não precisou quando ocorreu o incidente e indicou que não tinha havido contacto entre os aparelhos russos e britânicos.

Dois Tornados F-3 britânicos descolaram da base de Leuchars perto de Fife (Leste da Escócia) depois de aparecerem nos ecrãs de radar britânicos os aparelhos russos, dois Bers Foxtrot (TU 142).

Os aparelhos russos encontravam-se então por cima das Hébridas, no Atlântico, na zona marítima internacional.

Manobras marítimas que envolvem 14 países tiveram lugar nesta zona do Atlântico entre 22 de Abril e 03 de Maio.

"Isto lembra a Guerra-fria, quando eles tinham o hábito de voar regularmente e deitar uma visita de olhos ao limite do espaço aéreo britânico para testar os nossos tempos de reacção", acrescentou.

Esta notícia passou completamente despercebida aos meios de comunicação social.

Enquanto isso, na Rússia sucedem-se os assassinatos dos opositores, as prisões e as manifestações. A repressão continua e segue dentro de momentos…

Entretanto, Vladimir Putin já mostrou que não está para brincadeiras e por várias vezes advertiu o ocidente e os seus vizinhos, face à política expansionista e intervencionista dos EUA e da NATO…


TU 142

É caso para dizer que o Urso acordou e está muito zangado!

quarta-feira, maio 16, 2007

Fauna & Flora na Serra da Lousã

“A Serra da Lousã é conhecida pelas suas extensas áreas de floresta e de matos. Algumas espécies arbóreas, outrora dominantes, podem encontrar-se dispersas pela serra destacando-se o Castanheiro e espécies do género Quercus, nomeadamente o Carvalho-negral, Carvalho-algarinho e o Sobreiro.” Reserve o dia 19 de Maio e venha conhecer as maravilhas que a Serra da Lousã tem para lhe oferecer.

Neste dia realiza-se um workshop sobre a Flora da Serra da Lousã, no auditório da Câmara Municipal de Miranda do Corvo e na Aldeia de Gondramaz. Com ponto de encontro marcado para as 10h00 junto ao edifício da Câmara Municipal, onde se iniciará o workshop orientado pelos professores Dr. Carlos Fonseca, Dr. Paulo Silveira e seus colaboradores da Universidade de Aveiro.

Após o workshop, os participantes serão transportados, em autocarro da Câmara Municipal, até à Aldeia do Gondramaz, passando pela Biblioteca Municipal, de forma a visitarem os dois pólos da Exposição FotoXisto. Em seguida farão o percurso pedonal até ao Parque de Merendas onde decorrerá o almoço.

Terminado o almoço, dar-se-á início ao passeio pedestre pela natureza observando a flora da Serra da Lousã. O passeio vai até perto da aldeia, iniciando-se uma descida até à cascata existente no vale situado sob o Gondramaz. Em seguida, sobre-se até ao Penedo dos Corvos, onde todos os participantes terão a oportunidade de desfrutar de uma paisagem magnífica. Regressa se ao Gondramaz pelo extremo inferior da aldeia, o passeio termina na chegada à aldeia onde o autocarro aguarda os participantes para os levar de volta à vila.

As inscrições estão abertas até ao dia 17 de Maio no Município de Miranda do Corvo – através do telefone ou e-mail – e têm um preço total por pessoa de 5 euros, tendo incluído o seguro e o transporte. O almoço é da responsabilidade dos participantes.

As Aldeias do Xisto são constituídas por 23 aldeias distribuídas por 13 Municípios do Pinhal Interior, na Região Centro de Portugal num território de enorme beleza e que oferece infinitas possibilidades de lazer.

Ao longo dos últimos anos, os 23 núcleos foram alvo de um programa de requalificação que permitiu às aldeias adquirir potencial humano de desenvolvimento, transformando-se em pólos de atracção turística dinâmicos que permitem a criação de uma nova base económica que passa, nomeadamente, pela recuperação das tradições, pela valorização do património arquitectónico construído, pela dinamização das artes e ofícios tradicionais e pela defesa e preservação da paisagem em que se enquadram. Este importante trabalho nunca perdeu de vista aquilo que era o seu principal objectivo: melhorar a qualidade de vida das populações das aldeias, elevando os seus níveis de auto-estima, qualificando o seu tecido social e agregando-as num processo participativo de desenvolvimento que é, antes de mais, seu.

Ler mais em:

www.aldeiasdoxisto.pt

www.cm-mirandadocorvo.pt

terça-feira, maio 15, 2007

Bola de Neve em Movimento

Rua da Coutada, Miranda do Corvo


Bola de Neve em Movimento… Ameaça arrastar tudo e todos!

O défice é de 3,9%, mas a economia está moribunda. O crescimento é ridículo, o investimento incipiente e o desemprego não pára.

As estatísticas andam falseadas. Corresponderão à realidade os números apresentados pelo Banco de Portugal, pelo INE e pelo Serviço Nacional de Emprego?

Em apenas 2 anos, Portugal perdeu milhares de empresas…

As falências e o decréscimo de novos negócios estão a preocupar os economistas.

Entretanto, milhares de trabalhadores procuram outras paragens mais aliciantes, tendo como destino… Angola, Espanha e Inglaterra…

Os custos de produção em Portugal são proibitivos.

Para não falar no preço dos combustíveis…

E em Espanha, como é?

Aqui ao lado, em Espanha, os combustíveis são muito mais baratos, tomamos como exemplo, o preço de um litro de gasolina 95, em Espanha custa 0,95 € e em Portugal 1,377 €. Uma botija de gás de 13 kg custa em Espanha, num revendedor Galp 13 € e em Portugal 18,34 €.

Mais palavras para quê?

Ler mais em:

http://espacoaberto-umanovamiranda.blogspot.com/2006/12/

vende-se-aluga-se-trespassa-se.html


http://espacoaberto-umanovamiranda.blogspot.com/2006/12/

preto-e-branco-parte-iii.html


http://espacoaberto-umanovamiranda.blogspot.com/2006/10/

preto-e-branco-parte-ii.html


http://espacoaberto-umanovamiranda.blogspot.com/2006/09/

preto-e-branco.html

domingo, maio 13, 2007

Maddie McCann 3

Algumas capas de jornais e revistas publicadas em Portugal e Inglaterra:




«A Polícia Judiciária já terá o móbil do crime e insiste na comunidade britânica. Os raptores marcaram a pequena Maddie muito antes de a família sair de Inglaterra e os inspectores acreditam que a menina foi levada há dez dias do aldeamento Ocean Club na Praia da Luz por vingança – algo mal resolvido no passado dos pais.» in Correio da Manhã, 13.05.2007




Ler Mais em:

http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=242261

&idselect=181&idCanal=181&p=0




O jornal 24 Horas faz manchete com o mesmo assunto, escrevendo que a "PJ admite que Maddie tenha sido vendida no Norte de África".

O jornal cita uma fonte da PJ que se limita a dizer que as "crianças com a fisionomia de Madeleine são muito procuradas nos países africanos e árabes e pagas a peso de ouro".

Esta tese tinha já sido explorada no sábado pela cadeia de televisão Sky News.

Também o Público se refere ao desaparecimento da filha mais velha do casal McCann na primeira página, contando que o aldeamento de onde Maddie, de quatro anos, desapareceu "não está classificado" pela Direcção-Geral de Turismo, apesar de ter sido vistoriado.


Segundo a imprensa escrita, a menina poderá ter sido levada para fora de Portugal, através de Espanha, tendo sido encaminhada para a adopção, no Norte de África.



Agora, como nunca é preciso fazer circular estas imagens e mensagens. É necessário transpor fronteiras, para que a Madeleine seja entregue aos seus pais com vida!


Para que esta história, não se repita como a do Rui Pedro e da Joana, que desapareceram misteriosamente...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...