quarta-feira, setembro 16, 2009

Lousã - Autárquicas 2009


«Teve lugar no dia 11 de Setembro de 2009, pelas 21 horas, a inauguração da sede de campanha do Partido Socialista da Lousã para as Eleições Autárquicas de 11 de Outubro de 2009. O espaço está localizado numa das principais artérias da vila, a Avenida do Brasil. A cerimónia teve a presença dos vários candidatos do PS Lousã, nomeadamente os cabeças de lista à Câmara Municipal, Assembleia Municipal e às 6 Juntas de Freguesia. Estiveram também presentes os mandatários da campanha, Horácio Antunes e Mário Maduro. (...)

Fernando Carvalho, para além de reconhecer de forma sincera a manifestação de força que constituiu a inauguração da sede de candidatura, salientou que a campanha terá que ser feita com confiança, com convicção, mas também com alegria e serenidade. Referiu que apesar de não estar tudo feito, o trabalho que tem sido desenvolvido, permite a todos ter consciência tranquila e encarar olhos nos olhos os Lousanenses. Seguidamente, enumerou alguns exemplos de projectos e obras importantes, nomeadamente: variante a Foz de Arouce, nova Escola 1,2,3 com Jardim de Infância, Metro, Pólo Empresarial de Casal de Ermio, Requalificação do Parque Escolar, Zonas de Lazer e Desporto Informal, Pavilhão do Bairro dos Carvalhos, Aldeias do Xisto, “Lousã, Destino Acessível” e a Construção de Novas Etars. Apresentou também vários projectos e obras que fazem parte do programa para os próximos anos, nomeadamente a construção de um Parque Desportivo e de Lazer, a Qualificação e Ampliação da Zona Industrial do Padrão, as acessibilidades, a Regeneração Urbana, a Intervenção em Locais de Interesse Turístico, salientando que não eram apenas ideias, mas sim situações para as quais já existiam em alguns casos verbas contratualizadas.

A terminar, Fernando Carvalho apelou à participação e empenho de todos.»

In http://www.pslousa.net/index.php





Foi no passado dia 19 de Maio de 2009, pelas 20:00H que a sede lousanense do PSD, plenamente lotada de militantes, amigos e apoiantes, foi palco da Apresentação Oficial de Filipe Soares, candidato do Partido Social Democrata à Câmara Municipal da Lousã nas próximas Eleições Autárquicas.
Este evento contou com a presença de Pedro Machado, Presidente da Comissão Política Distrital de Coimbra do PSD, o Presidente da Distrital da JSD e também vários Presidentes de Câmaras de Municípios contíguos.
Na ocasião, foi apresentado o Mandatário da Candidatura, Eduardo Teixeira Neto, antigo Presidente da Câmara Municipal da Lousã, bem como dois jovens para as funções de Directora de Campanha (Ana Paula Sançana) e Mandatário Financeiro (Nuno Marques).

No seu discurso de presentação, Filipe Soares, defendeu a necessidade de “implementar uma nova Dinâmica de Governação e de Desenvolvimento neste Município, uma dinâmica positiva, promovendo o envolvimento e a participação dos Munícipes, sem arrogância, com transparência”, afirmando-se “totalmente disponível para a Lousã nos próximos quatro anos” e prometendo “dedicação total ao cargo de Presidente da Câmara Municipal da Lousã, sem ter o pensamento no Governo Civil, na Assembleia da Republica ou em qualquer outro cargo público ou de nomeação política.” Afirmou igualmente ser detentor duma “nova esperança com esta candidatura”, agradecendo a todos os lousanenses o apoio e o incentivo que lhe comunicam constantemente. A sua convicção, o seu lema sempre presente: “É possível fazer melhor pela Lousã! A Lousã não quer mais do mesmo!”.

No plano das propostas elegeu a necessidade da construção de uma alternativa à Estrada da Beira (EN17), considerando a actual ligação a Coimbra um problema estrutural que afecta a Lousã, quer do ponto de vista económico quer social. No plano das acessibilidades internas, defendeu a necessidade de construção de uma Variante Poente à Vila da Lousã (ligando o actual nó das Fontainhas na EN342 à Fábrica do Papel do Prado) e de uma Variante Casal de Ermio (servindo Serpins e a Zona Industrial de Casal de Ermio).
A nível económico, propôs a criação de um Pólo Tecnológico, justificando assim a aposta na proximidade a Coimbra, que definiu como o mais importante centro do conhecimento do país, aliado às vantajosas Taxas Fiscais da Interioridade e a um conjunto de sectores com tradição na Lousã. Apelou ainda à criação urgente de um Gabinete de Apoio ao Investimento e de um Gabinete de Emergência Social, justificados pela situação extraordinária de crise que actualmente arruína o País. “Não me resigno a um presente que não oferece espaço na Lousã para todos os jovens quadros, condenando toda uma geração de jovens dinâmicos a abandonar a sua Terra para prosperarem”, disse, acrescentando: “Jovens qualificados, dinâmicos e empreendedores, também conto convosco para mudar a Lousã!”

O candidato do PSD à Câmara Municipal da Lousã apresentou-se determinado em “firmar um Contrato de Verdade” entre a Câmara Municipal da Lousã e os Lousanenses. Deste modo, Filipe Soares foi claro: “A Câmara Municipal da Lousã não pode pedir sacrifícios aos Lousanenses se ela própria não está disponível a sacrificar uma pequena parcela da sua receita em benefício directo dos Lousanenses (pessoas, famílias, PME, Pequenos Empresários) ”. Sugeriu então reduzir o IMI das actuais taxas máximas para 0,6% e 3,5% em 2009 e 5,5% e 3% em 2010 (caso a crise se agrave); a DERRAMA, promovendo a diferenciação de taxas de acordo com o volume de negócios, protegendo as Micro Empresas e as Pequenos Negócios, e também a Comparticipação no IRS de 5% (máximo) para 3%, dando 2% do IRS às Famílias Lousanenses.
Quantificando o impacto destas medidas e atendendo ao valor total do orçamento proposto pela actual maioria para 2009, Filipe Soares ressaltou a necessidade de apoiar e colaborar com as famílias e os empresários Lousanenses, ajudando-os a combater estes momentos difíceis.
Criticando a actual gestão municipal, Filipe Soares enfatizou a importância de “uma nova dinâmica na resposta aos pequenos grandes problemas que todos os dias surgem e que afectam a qualidade de vida das pessoas, e que esbarram na indiferença duma maioria Socialista que há muito perdeu a ligação aos Lousanenses e às suas dificuldades”, apelidando tais medidas de “obras de despacho” – não carecem de dotação orçamental – apenas de sensibilidade e conhecimento do terreno.”

http://www.psdlousa.net




«O Bloco de Esquerda (BE) apresentou no dia 1 de Agosto de 2009, às 16:00, no Auditório da Biblioteca Municipal da Lousã, os seus cabeças-de-lista à Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia, numa sessão presidida pelo mandatário da candidatura, o lousanense João Francisco Rodrigues, de 83 anos, músico e professor aposentado do Conservatório de Música de Coimbra.
Paulo Moura, de 39 anos, revisor de caminho-de-ferro, encabeça a lista à Assembleia Municipal, sendo os seguintes os candidatos às Juntas: Augusto Simões, 65 anos, guarda-florestal reformado (Lousã), Emídio Ventura, 53 anos, funcionário do Centro Hospitalar de Coimbra (Vilarinho), Helena Coelho, 45 anos, professora da Escola EB 2/3 da Lousã (Foz de Arouce), Pompeu Martins, 40 anos, motorista da Direcção Regional de Agricultura da Beira Litoral (Gândaras) e Agostinho Lopes, 46 anos, funcionário dos ex-Serviços Florestais (Casal de Ermio). »

http://www.trevim.pt




Conceição Loureiro candidata-se à Câmara Municipal da Lousã pela CDU pelo empenho e motivação que sente em fazer algo mais pela terra onde gosta de viver
Embora tenha nascido há 50 anos nos Estados Unidos da América, é filha de mãe lousanense e veio para as Gândaras era ainda pequena. Desde então, tem residido no concelho e nunca perde uma oportunidade de divulgar as suas belezas e potencialidades seja a visitantes ou aos seus alunos nas aulas de educação tecnólogica, que ministra há 29 anos, estando efectiva na Escola Secundária da Lousã.
Embora independente, comunga “desde que se conhece” dos ideais da Coligação Democrática Unitária, sobretudo no que diz respeito à defesa dos direitos dos trabalhadores. Embora seja o seu rosto que vai aparecer na primeira linha nos cartazes de campanha concelhios, assume-se, acima de tudo, como a porta-voz de toda uma vasta equipa que está nos bastidores.

http://www.trevim.pt



Para surpresa de muito boa gente, o CDS/PP não apresentou candidatos, nem listas...

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...