terça-feira, abril 03, 2012

Estação de Caminhos de Ferro de Miranda do Corvo, ao ponto a que chegamos

 A dignidade doutros tempos

 
É com mágoa ao escrever estas breves linhas, que vejo e revejo, o actual estado da Estação de Caminhos de Ferro de Miranda do Corvo (principal porta de entrada em Miranda do Corvo) e constato que a mesma está a cair. Isto, apesar de ainda funcionarem naquela estação, uma bilheteira da CP, que vende os títulos de transporte e os passes (serviço único nas redondezas, há quem se desloque da Lousã para resolver qualquer problema relacionado com o passe) e um bar a muitos mirandenses, mas corrijo para utentes (visto que não só mirandenses), que se deslocam diariamente para Coimbra ou para a Lousã.
Quantos de vocês já viram em que estado está o interior da estação?
O tecto falso do interior e as lâmpadas estão a cair e chove lá dentro nalguns pontos. O acesso ao interior da estação está neste momento, nalguns pontos condicionado por fita branca e vermelha.
Contaram-me inclusivamente que as casas de banho localizadas no exterior da estação já estiveram para ir abaixo…
Apesar de se terem gasto milhares e milhares de euros, no exterior da estação, espaço envolvente, estacionamentos e acessos.
Dignidade para com os passageiros, utentes quer do extinto Ramal da Lousã ou do Metro Mondego precisa-se…
Os utentes agora são cada vez mais, com a crise passaram a deixar os carros em casa e a utilizar os transportes públicos, viajando de autocarro, interrogam-se por vezes, até que ponto se vai manter a situação actual?
E ficam espantados com a indiferença geral perante o estado da estação. Muitos deles já deixaram inclusivamente de acreditar em promessas, quer em relação ao Metro ou ao Comboio e questionam-se como é possível chegar a este ponto?
Praticamente só faltam os carris e as catenárias…
Há ainda quem se interrogue, se o transporte rodoviário efectuado por autocarros de diversas companhias (com contrato com a CP), será para manter e até quando?
Em breve conheceremos o desfecho… (filme já visto noutros pontos do país)

 
Deixo-vos ainda com dois recortes do Diário de Coimbra, que considero bem pertinentes…


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...