quarta-feira, maio 28, 2008

A Face Oculta do Petróleo, de Éric Laurent - 2ª Via


Os segredos do Ouro Negro

Pela primeira vez este livro revela o que foi escondido da opinião pública: porque motivo o famoso choque petrolífero de 1973 não passou de uma manipulação, o resultado de uma combinação entre os países da OPEP e as grandes companhias petrolíferas.


Na Arábia Saudita e na Rússia, os montantes exactos são mesmo segredo de Estado. Como Washington utilizou a arma do petróleo saudita para provocar o desmoronamento da União Soviética. Porque motivo desde Março de 2001, seis meses antes do 11 de Setembro, os mapas do Iraque onde estavam assinaladas as futuras explorações petrolíferas serviram de documentos de trabalho ao vice-presidente Cheney e aos responsáveis petrolíferos, no seio do grupo, denominado «Sociedade Secreta».

A Face Oculta do Petróleo é o resultado de uma longa investigação conduzida por Éric Laurent, na China, na Ásia Central, na zona do Mar Cáspio e no Golfo Pérsico.


De hoje em diante, por seis barris consumidos cada dia, apenas um é extraído e encontramo-nos à beira de um choque petrolífero sem precedentes.

http://www.eric-laurent.com


Éric Laurent, Jornalista e escritor, especialista em política internacional, Éric Laurent faz revelações surpreendentes neste livro. Tendo feito a cobertura de conflitos como a ocupação do Afeganistão e a guerra Israel-Árabe, dedicou-se a uma investigação que o levou das poderosas companhias petrolíferas americanas ao Golfo Pérsico, China, Ásia Central.


http://www.eric-laurent.com/article-2486291.html

Manipulação, poder, mentira.


Eis um livro que nos coloca face à crueza das decisões políticas. Jornalista e investigador, tendo passado pela Radio France, onde fez reportagem de guerra, e pela Figaro Magazine, Éric Laurent editou já livros como «Guerra do Golfo», «Tempestade do Deserto», «A Guerra dos Bush», «O Mundo Secreto de Bush», «A Face Oculta do 11 de Setembro». Em «A Face Oculta do Petróleo» procurou a verdade sobre o poder das companhias petrolíferas e os países produtores que podem decidir o destino de outros países...e do próprio mundo.



Apontado, por exemplo, o choque petrolífero de 1973 como um bluff que visava apenas aumentar o preço do petróleo, os benefícios e isenção fiscais das grandes companhias petrolíferas norte-americanas e a forma como os EUA pressionaram o aumento da produção petrolífera da Arábia Saudita de forma a precipitar o desmoronar da União Soviética. Casos vários que completa com a revelação dos negros segredos por detrás da Guerra do Iraque. Segundo as suas investigações, George W. Bush estava bem consciente do declínio da produção saudita pelo que era urgente encontrar outras fontes de petróleo. Afirma mesmo que em 2001, antes do 11 de Setembro, o vice-presidente Cheney organizou uma comissão secreta para analisar questão da energia e que entre os seus documentos de estudo constava já um mapa do Iraque com a indicação de futuros poços de petróleo. Planeavam então a guerra antes mesmo do atentado às torres gémeas? A guerra do Iraque foi uma guerra anti-terrorista ou uma guerra imperialista?

O livro custa 19,95 € e foi lançado pelo Círculo de Leitores e lê-se num ápice…


Tendo dedicado anos de pesquisa a este tema, Éric Laurent revela os meandros do poder político e económico. À beira de um real choque petrolífero que pode implicar uma completa alteração do nosso modo de vida e das economias mundiais, aponta também outros caminhos. O aproveitamento da energia solar, eólica e a partir do hidrogénio, poderiam liberta-nos da dependência do ouro negro. Um ouro que tanta riqueza e guerras gerou...



«A Face Oculta do Petróleo» é por isso um livro de imprescindível leitura para todos os que queiram perceber os meandros do poder em pleno século XXI e o que se esconde por detrás das câmaras, da imagem, dos media, e da constante manipulação da informação que chega ao cidadão comum.



Publicado no blogue Kafe Kultura em 24 de Setembro de 2007, http://kafekultura.blogspot.com

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...