domingo, maio 18, 2008

Feira Medieval no Castelo de Penela

Percorrer as ruelas de Penela é hoje sinónimo de entrar nos meandros da Idade Média.


O ambiente é de festa, com bruxarias, música e fantasia à mistura. Trata-se da Feira Medieval de Penela.


A comida era para todos os gostos. Chouriços, febras, cerejas, maçãs, escarapiadas, pão-de-ló, cordonizes. O necessário era ter vontade de tudo provar.


A segurança era uma constante...

Artesanato de diversas proveniências e origens (Portugal, Marrocos e Egipto): pedras da sorte, pulseiras, brincos ou fios, brinquedos em madeira, cestaria, calçado em pele, tapeçarias, tecidos da mouraria, cremes naturais, sabonetes artesanais, ervas, defumadouros, queijos, mel e muitas coisas e loisas…

A lista de produtos oferecidos não parece ter fim. Há-os para todos os gostos.


Na mouraria havia chãs, cachimbos de água, nargilés e bolinhos...

Música ao som de tambores, pandeiretas e gaitas de foles...
Artesanato
A Higiene na Idade Média...

Cagadeira...

Um dos espaços que mais concentrava a atenção de quem por ali passeava era o “Parque Infantil” que, pretende ser um local de «interacção entre crianças, pais e avós» e no qual se podem fazer jogos. E não se trata de “playstations”, porque na Idade Média isso apenas seria passível de ser apelidado de “bruxaria”. «São jogos lúdicos e de perícia para crianças que já não lhes estão habituadas». Neles incluem-se: jogo do arremesso; chulas; réplica de uma catapulta; jogos de guerreiros; andas; tiro com arco.



Ainda ontem começou, mas já muito divertimento assegura. Promete, também, ensinar ou recordar sobre como se vivia em tempos medievais, época onde existiam plebeus e cortes, dançarinos, mendigos e saltimbancos e onde a música se fazia ao som de gaitas de foles, tambores, pandeiretas e tantos outros instrumentos.


O espaço foi pensado ao pormenor e peremptórios são visitantes e participantes a defini-lo como «extraordinário». A magia, o medo, a alegria e a expectativa confluem em locais como: Praça das Tabernas, Mercado Medieval, Tapada dos Horrores, Acampamento Militar, Terreiro Medieval, Mouraria ou o Recinto das Farsas, entre outros. O Castelo de Penela continuará a “viagem no tempo” hoje, assim como nos dias 23, 24 e 25 de Maio.

Fotos – Mário Nunes

3 comentários:

dmarmar disse...

very cool

Carla disse...

gostava de ir a esta feira mas podes me dizer onde fica exactamente Penela?

Mário Nunes disse...

Creio que a resposta está dada na mensagem publicada hoje, dia 22.05.2008, intitulada «Onde fica Penela?»

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...