sexta-feira, janeiro 21, 2011

Sem carris não votamos

“Apelo á abstenção: Sem carris não voto, Sem Metro não votamos.

Na reunião todos os Presidentes de Junta dos concelhos de Lousã e Miranda e ainda todas as de Coimbra presentes na reunião e mais envolvidas com a ferrovia (Almalaguês, Ceira, Castelo Viegas, Torres do Mondego) decidiram que Domingo vão apelar à abstenção.


Os presentes consideram que a democracia é uma conquista que todos devemos valorizar mas o direito de votar não impede o direito ao "não voto".


O boicote, para além de ser um crime, seria uma imposição da vontade de uns sobre os outros. Ninguém tem o direito de impedir outro de votar.
Somos um Movimento de democratas respeitadores da lei. Neste processo só o Governo tem optado por fazer terrorismo de estado, destruindo um sistema de transporte com mais de cem anos. É o governo que está a cometer crime de sabotagem e de administração danosa destruindo infra-estruturas fundamentais à qualidade de vida das pessoas.

Pedimos a todas as pessoas que sejam solidárias com esta posição e assumam a militância divulgando esta orientação por todos os amigos e conhecido. Todos juntos podemos conseguir uma abstenção histórica.
È a dignidade das pessoas da nossa região que está em causa. Temos de mostrar á classe política que não são donos do nosso voto.


Um Governo irresponsável, capaz de destruir um sistema de transporte, gostaria que fossemos radicais e afrontássemos o estado de direito. Optamos por, com elevada consciência cívica, mostrar que somos diferentes e melhores.


Não são donos do nosso voto. Vamos mostrar a nossa indignação não votando.
Contamos consigo.”


Jaime Ramos, Porta-voz do Movimento Cívico de Miranda do Corvo e Lousã

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...