quarta-feira, agosto 15, 2007

Obras no Ramal da Lousã… Só em 2008!


As obras no Ramal da Lousã arrancarão em meados de 2008 e a circulação ferroviária ficará cortada durante dois anos, garantiu ao Diário de Coimbra (edição de 14.08.2007), Álvaro Maia Seco, responsável da Metro Mondego.

Em meados do ano que vem iniciar-se-ão as obras da primeira fase do Sistema de Mobilidade do Mondego, ou seja, toda a intervenção prevista entre Serpins e a estação de Coimbra-Parque, incluindo as alterações que agora a Metro Mondego quer implementar no traçado.

O Presidente do Conselho de Administração da Metro Mondego admitiu, no entanto, que o “desvio” previsto para a Solum implicará, de facto, «custos acrescidos», uma vez que pretende fazer desaparecer 700 metros do traçado do actual ramal da Lousã e substitui-los por um quilómetro e meio de linha que entrará dentro da Solum, introduzindo duas novas estações: junto ao Dolce Vita e da rotunda da Ladeira de Chão do Bispo (está prevista mais uma no Alto de S. João).

No entanto, Álvaro Maia Seco sublinhou que estas alterações «permitirão alargar de forma significativa a área de captação do metro e por isso é que ela é tão importante, numa zona de alta densidade populacional e de equipamentos». Ou seja, «parece-nos que o custo acrescido é mais do que compensado pela melhoria do serviço oferecido e pelo aumento da captação de clientes».

Fonte: Diário de Coimbra


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...