segunda-feira, agosto 20, 2007

Transgénicos, Biodiversidade em causa?

Transgénicos são plantas criadas em laboratório com técnicas da engenharia genética que permitem "cortar e colar" genes de um organismo para outro, mudando a forma do organismo e manipulando sua estrutura natural a fim de obter características específicas. Não há limite para esta técnica; por exemplo, é possível criar combinações nunca imaginadas como animais com plantas e bactérias.

Pode-se, com essa tecnologia, inserir genes de porcos em seres humanos, de vírus ou bactérias em milho e assim por diante.




Quase todos os países da Europa têm rejeitado os produtos transgénicos.

Devido à pressão de grupos ambientalistas e da população, a UE proibiu a sua comercialização e seu cultivo (quase 80% dos europeus não querem consumir transgénicos).

As sementes transgénicas são patenteadas pelas empresas que as desenvolveram (empresas norte americanas). Algumas destas empresas na América do Norte e na América Latina tem recolhido sementes de cereais e de outras culturas destinadas à alimentação humana. Quando o agricultor compra essas sementes, ele assina um contrato que o proíbe de replantá-las no ano seguinte (prática de guardar sementes, tradicional da agricultura), comercializá-las, trocá-las ou passá-las adiante.



Você sabia que os transgénicos...



... podem aumentar a resistência a antibióticos?


... podem causar alergias?


... podem contaminar plantações vizinhas e toda a cadeia alimentar?

… transgénicos são poluição viva!


... na América Latina os pequenos agricultores são responsáveis pela produção de 50% das batatas, 60% do milho e 70% do feijão?


... a adopção de métodos de agricultura ecológica possibilitam um aumento médio de 73% na produção de alimentos?

Agora fica explicado o súbito interesse das grandes companhias americanas, quando se avizinha a era dos bio combustíveis!

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...